Milon lança terceira fase do Projeto Bem-Estar, com foco nas crianças e no ambiente digital

Imagem
    Iniciativa visa diferentes temas para incentivar o desenvolvimento saudável dos pequenos. Fotos Divulgação   A Milon, marca de vestuário com inspiração europeia especializada no universo infantil, lança a terceira etapa do Projeto Bem-Estar, uma série de vídeos desenvolvidos em parceria com especialistas de diferentes áreas. O conteúdo tem como propósito trazer temas que visam instigar, incentivar e educar pais e responsáveis sobre o desenvolvimento saudável das crianças e, consequentemente, da família. Para esta fase, a marca convida a especialista em marketing digital, Camila Renaux, para explicar como utilizar de forma mais consciente e saudável os meios de comunicação digital e manter os pequenos mais seguros.   Camila Renaux Na série, Camila explica sobre ferramentas digitais e como estimular o pensamento crítico nas crianças por meio dos conteúdos da internet. "Atualmente, isso se torna essencial para que a presença dos pequenos nas redes sociai

INTERNET: Watch Brasil aposta em inovação para dar play por todo o país

Com mais de 1,7 milhão de assinantes pagos, hub de conteúdo investe em nova estratégia e campanha para divulgar integração de ferramentas que levam serviços de streaming cada vez mais personalizados aos usuários


Agilidade e integração são termos que podem definir o cenário em que vivemos, e com o setor de entretenimento não poderia ser diferente. Com os serviços de streaming ocupando um espaço cada vez maior na vida dos brasileiros, as empresas apostam em inovação para aprimorar a jornada dos usuários nas plataformas, como a Watch Brasil, hub de conteúdo criado para impulsionar provedores de serviços de internet (ISPs). 

 

Para conquistar o mercado e possibilitar que os usuários paguem por uma única assinatura e tenham acesso a mais de 30 mil horas de conteúdo, Maurício Almeida, cofundador da Watch Brasil, diz que a companhia investe na integração de ferramentas para se tornar data driven. "Ou seja, tomar as decisões baseadas nos dados da jornada dos clientes. Ainda estamos na etapa inicial, mas vem muita coisa boa por aí. Outro elemento que será transformacional é a forma como a Watch BR entregará publicidade a seus usuários", destaca o executivo.

 

E, por isso, que o ano de 2023 tem sido tratado dentro da companhia como o impulsionador de novos negócios. "Tivemos um crescimento muito rápido, pois nos colocamos em um nicho de mercado em que a demanda existe, com um público interessado em consumir produtos de qualidade e com tecnologia de ponta", explica Almeida, pontuando que em pouco mais de quatro anos de existência, a companhia já possui mais de 500 ISPs como cliente, com mais de 1.7 milhão de usuários atendidos, tendo parceiros como HBO, Paramount, DGo, grupo NEWCO e outros parceiros estratégicos.

 

"Temos um objetivo claro de chegar a 800 ISPs em 2023. Mais que o número, o objetivo maior é garantir que nossos clientes tenham as soluções da Watch como agregação de valor na retenção e rentabilização dos seus clientes finais. Costumo dizer que a Watch é um caminho relevante para a descomoditização do serviço da ISP,  que não pode se resumir apenas no serviço de banda larga, mesmo contando com a qualidade da fibra. Isso já está comoditizado", analisa. 

 

Para celebrar essas mudanças e o novo momento da companhia, a Watch BR lançou recentemente a campanha "A Watch a um play de todos". O objetivo, de acordo com André Santini, CMO da empresa, é apresentar ao mercado sua proposta de valor, aliando valores e diferenciais da marca à performance na jornada de consumidores e parceiros. 

 

"Agora, adotamos um posicionamento de BRETAIL, em que os valores e diferenciais da marca andam junto com a performance a partir da leitura de toda jornada (impactos midiáticos, funil para leads qualificados, fechamento de contratos e retenção da base de ISPs e seus clientes finais). Voltamos aos conceitos mais tradicionais do varejo de serviço/distribuição, e estruturamos um material cuja missão seria atender às expectativas do sell in e sellout, o que podemos chamar também de uma campanha B2B2C. Focamos nas ISPS, mas é importante que os clientes finais e prospects dessas ISPs também visualizarem nossa proposta de valor", comenta Santini. 

 

A campanha que está em andamento tem o mote: "A Watch a um play de todos", em que o "play", apesar de não ser um termo novo, tem uma função de atender a cadeia de valor, principalmente composta pelas ISPs, seus clientes/usuários e parceiros. "Afinal, a assinatura complementar reforça bem isso. 'Seu faturamento a um play de aumentar. Seu número de clientes a um play de crescer. Seus assinantes a um play de você.'", conclui o CMO. 

 

Os diferenciais no mercado competitivo

 

A diferença para a concorrência se dá pela utilização de uma plataforma própria, como também pela variedade de serviços ofertados, pois permite aos ISPs um complemento do plano de banda larga, com pacotes com preços atrativos e uma excelente qualidade de transmissão aos seus clientes. 

 

Disponibilizados através da sua plataforma e de parceiros de streaming, o serviço oferece conteúdos como séries, filmes, documentários, cursos sobre finanças e novelas, além de acessos a perfis específicos para crianças, com controle parental, revistas, jornais digitais e trilha musical. 

 

"O mercado mudou de várias formas, desde infraestrutura - como novas formas de armazenamento e CDN – a novos players e novas linguagens. As mais significativas são no gerenciamento de anúncios (ad manager) e na tecnologia que permite a inserção de anúncios em streamings (ad insertion)", destaca Almeida.

 

Carlos Eduardo Motter, CTO da Watch BR, explica que um dos grandes diferenciais do hub para os ISPs está na capilaridade de atuação. "Conseguimos oferecer a integração com os principais ERPs (Enterprise Resource Planning", ou sistema de gestão integrado) voltados ao mercado de ISPs. Hoje contamos com mais de 30 sistemas integrados e o número segue crescendo. Isso é algo bastante relevante a este setor, uma vez que, de forma rápida, conseguimos oferecer nosso portfólio de produtos e serviços aos ISPs e, consequentemente, aos seus assinantes. Estamos na vanguarda tecnológica em termos de streaming, e isso mostra que nosso trabalho está no caminho certo", analisa o executivo.

 

"Nós conseguimos popularizar o acesso a esses conteúdos, que antes eram disponibilizados apenas em regiões específicas do país. Nossos clientes têm acesso aos produtos de marcas como NBC, Universal, Warner Bros., HBO Max, Sony, Paramount+, Comedy Central, Medialand e diversas produtoras locais. Os usuários não são obrigados a comprarem uma TV à cabo, por exemplo, e podem assistir em qualquer dispositivo, inclusive os móveis, como tablets e smartphones", explica Alexandre Barvik, gerente de Produto e Inovação na Watch BR.

 

De acordo com a pesquisa "Digital 2023", realizada pela agência de marketing We Are Social e a empresa de monitoramento de mídia online Meltwater, 84,3% dos brasileiros estão conectados à internet, com 181,8 milhões de internautas, representando um aumento de 4,1% em relação a 2022. Desse total, 68,6% a utilizam para assistir vídeos, séries ou filmes e 97,6% da população com acesso à internet utilizam algum tipo de plataforma de vídeo para acessar os serviços de streaming, tornando o Brasil o terceiro país do mundo nessa modalidade.

 

Os assinantes da Watch BR podem acessar os conteúdos por um celular ou por smart TV de forma igualmente agradável. "Hoje, muitos streamings não têm essa preocupação. Então, o usuário geralmente se frustra ao assistir um filme em um celular, por exemplo. Além disso, trabalhamos cada vez mais para personalizar a plataforma para cada cliente, facilitando a sua escolha com base no que ele tem mais interesse", analisa o gerente, acrescentando que eles vêm criando ambientes personalizados e com funcionalidades autoexplicativas, garantido que o usuário compreenda e aproveite tudo forma natural, favorecendo uma exploração intuitiva.

 

Sobre a Watch Brasil

Lançada em outubro de 2018 e sediada em Curitiba, a Watch Brasil é um hub de conteúdo que oferece aos provedores de serviços de Internet a possibilidade de trabalhar com multimídia e fornecer assinaturas de séries e filmes dos maiores e melhores estúdios, incluindo os de Hollywood, além de aluguel por 48h dos últimos lançamentos em filmes. A empresa oferece mais de 30 mil horas de conteúdo e títulos do Paramount +, MTV, Comedy Central, Nickelodeon, Universal e Warner, entre outros. No marketplace, a empresa tem pacotes como HBO Max, DGO, UOL Leia + Banca e um pacote com mais de 50 canais lineares que inclui Band, Band Sports, Band News, Terra Viva, Cultura, Record, Record News, Rede TV, SBT, Arte1, Agro1, Channel, Fish TV e CNN Brasil. 




Por @oblogueirooficial



SIGA NAS REDES SOCIAIS



CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE NO CANAL "O BLOGUEIRO OFICIAL" DO YOUTUBE



VEJA TAMBÉM:

CURIOSIDADES: Viralizou! Conheça Rayssa Buq, fenômeno das redes sociais

Bruna Linzmeyer nua em Gabriela

Geová Rodrigues lança coleção cápsula em pop-up em São Paulo

FuturePrint, Brother e Instituto Focus Têxtil firmam parceria para projeto de capacitação em design e estampas

Na onda do tenniscore: cerveja oficial de Wimbledon, Stella Artois lança jaqueta exclusiva com a DOD Alfaiataria

Cipatex lança coleção Enigma no Inspiramais

Como usar calça pantalona em qualquer ocasião?

Oakley lança coleção de óculos inspirada nos desafios e superações de atletas

Chegou! Enjoei inaugura segunda loja física em São Paulo com curadoria especial de marcas e peças únicas a R$ 50

AZZAS 2154, o maior Grupo de moda da América Latina, anuncia formação de novo conselho de administração