ENTRETENIMENTO: Superprodução musical da Mauricio de Sousa Produções tem Carol Barreto no figurino e J.C Serroni assinando a cenografia

Brasilis, o maior espetáculo musical já produzido nos estúdios da Mauricio de Sousa Produções, promete encantar pela excelência em matérias de figurino e cenografia, com a assinatura de dois dos mais conceituados e representativos profissionais, a artista visual Carol Barreto e arquiteto J. C Serroni, respectivamente.


Apresentado pelo Ministério da Cidadania e pela Brasilprev, com supervisão geral de Mauricio de Sousa e direção de seu filho Mauro Sousa, a superprodução celebra as riquezas e a diversidade cultural brasileira.


Quem responde pelo figurino é a artista visual, estilista,  ativista e professora do departamento de estudos de gênero e femininos da Universidade Federal da Bahia, Carol Barreto. Serão mais de 100 peças, todas produzidas no ateliê próprio em Salvador por um coletivo de mulheres, LGBT's e alunos estilistas e designers soteropolitanos ligadas à economia criativa e solidária.  


Acredito que a moda e o vestuário são ferramentas de luta política e compreende a horizontalidade nas relações de trabalho como forma de ativismo feminista e antirracista", afirma Barreto, que em 2013 representou o Brasil na Dakar Fashion Week, no Senegal, evento internacional que reúne criadores de diversas nacionalidades que expressem a diversidade cultural de seu país.


Para Carol Barreto, o conceito de um trabalho nasce e se expressa desde as identidades das pessoas que compõem a equipe, mas centralmente também por meio das técnicas e materiais utilizados nas suas criações, assim como por meio das representações constituídas nesses percursos. "Brasilis, por se tratar de um espetáculo sobre diversidade cultural brasileira, como mulher negra e nordestina, tece também os fios do compromisso com o seu lugar de origem e inspiração: o recôncavo baiano. Assim sempre insere os fazeres artesanais representativos de comunidades de mulheres negras, produzindo direta e indiretamente de maneira coletiva e sustentável", conclui Barreto.


Toda cenografia será produzida e assinada pelo arquiteto e artista plástico J.C. Serroni, considerado um dos principais cenógrafos do país. Ao longo de mais de 40 anos de profissão e quase 200 espetáculos no currículo, Serroni empregará o seu talento a uma superprodução musical encenada pela Turma da Mônica pela primeira vez.


"Em 40 anos de profissão, nunca tive condições tão especiais de criação. Desde a primeira reunião com o diretor, Mauro Sousa, me senti completamente amparado por uma equipe altamente qualificada de produtores, técnicos, ilustradores, desenhistas, roteiristas, figurinistas, circenses, músicos, o que me passou extrema segurança e privilégio de ali estar. Sinto-me numa produção do Cirque du Soleil", afirma  Serroni, que atualmente é coordenador geral do Espaço Cenográfico de São Paulo.


O Brasil que será mostrado visualmente através da cenografia, de forma alegre, trazendo à cena tudo aquilo que temos de diverso e de folclórico. "Brasilis é um enredo que faz a festa de quem trabalha na criação. Florestas densas e imaginativas, penetráveis, lúdicas, ocas indígenas, festas, danças, personagens caipiras e da imaginação em lendas brasileiras, muito circo, sonho e fantasia é o que o público pode esperar. Um espetáculo censura livre, onde crianças e adultos tenho certeza vibrarão e farão a festa juntos com a turminha alegre e brincalhona criada por esse gênio dos quadrinhos Maurício de Sousa", conclui o renomado artista plástico.


Brasilis – um espetáculo do Circo Turma da Mônica


Como parte das comemorações de 60 anos da Mauricio de Sousa Produções, o cartunista e empresário, Mauricio de Sousa, e seu filho produtor e diretor, Mauro Sousa, trazem para a cena cultural uma superprodução que contempla nossas raízes, mostrando a diversidade cultural e a inclusão que sempre estiveram presentes no universo das criações da Turma da Mônica. No palco, além de Mônica, Cebolinha, Cascão, Magali e Chico Bento, outros personagens dão brilho à pluralidade cultural, como a Vó Dita, o Papa Capim, a Jurema e a Milena.


Com cenários grandiosos, muita tecnologia, efeitos especiais, mais de 100 figurinos e um elenco afiado de bailarinos e artistas circenses, a Turma da Mônica envolverá o público nessa aventura para descobrir um pouco mais sobre o nosso país e sobre nossas raízes.


Turnê nacional


Em parceria com a OPUS Promoções, a turnê terá duração de seis meses e percorrerá dez cidades dentre as cinco macrorregiões do País, totalizando mais de 80 apresentações. Após a temporada em São Paulo, a superprodução segue para Belém (PA), Fortaleza (CE), Natal (RN), Recife (PE), Brasilia (DF), Curitiba (PR), Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ) e Porto Alegre (RS).


As informações de teatros, datas, horários de sessões e valores de ingressos, já podem ser conferidas por meio do site www.circoturmadamonica.com.br e das redes sociais da MSP Ao Vivo no Instagram e no Facebook: @mspaovivo


O Circo Turma da Mônica – Brasilis é apresentado pelo Ministério da Cidadania e pela Brasilprev, uma empresa da BB Seguros, e realizado pela Mauricio de Sousa AO VIVO, em parceria com a Opus Promoções.




Carol Barreto
Carol Barreto
Divulgação



J.C Serroni
J.C Serroni
Divulgação











Sua marca ou seu negócio no site e nas redes sociais !

Postagens mais visitadas deste blog

Estilo Brasileiro, Zuzu Angel misturava seu estilo à temas regionais e folclóricos

Estilo Brasileiro, Valdemar Iódice desenvolve uma moda jovem imprimindo personalidade em sua grife

Estilo Brasileiro, Rose Benedetti foi a precursora da bijuteria no Brasil