MODA: Conheça os mitos e verdades sobre a lingerie


Especialista fala sobre as principais dúvidas que permeiam o mundo da moda íntima, desde a escolha do modelo correto, a cor ideal para diferentes tipos de ocasião até os modelos pós-parto

 


A escolha da lingerie é uma questão fundamental para diferentes tipos de ocasião. Desde o sutiã mais confortável a calcinha mais sexy ou discreta, a roupa íntima está junto com as mulheres ao integrar aquele look especial, ajudando a valorizar as curvas ou deixando-as mais elegantes.

 

Para esclarecer as dúvidas mais frequentes que permeiam o mundo da moda íntima, estilista e modelista, Ediléia Oliveira, elencou os principais mitos e verdades para que todas as mulheres possam acertar na escolha da lingerie.

 

"Primeiramente é preciso estar atenta ao corte e ao tecido. Para aquelas que desejam se aprofundar ainda mais na moda íntima, teremos a Felinju, Feira de Lingerie de Juruaia. No evento será possível sanar todas as dúvidas e encontrar os modelos adequados. Para quem quiser fazer negócios, é uma excelente pedida", afirmou Ediléia. Mais informações, acesse: www.felinjujuruaia.com.br.

 

Confira as dicas da especialista:

 

Verdade – As lingeries são aliadas poderosas para disfarçar as pernas grossas e o bumbum avantajado?

As calcinhas com as laterais mais largas proporcionam maior sustentação. O acessório comprime o bumbum e modela o corpo, assim como as bermudas modeladoras.

 

Mito – Posso usar uma calcinha mais tradicional pós-parto?

Após o parto é necessário aguardar um tempo até que os órgãos da mulher se alinhem. E devido a este momento, é necessário usar calcinha pós-parto para ajudar no conforto. Por isso, o modelo indicado é aquele que tem comprimento até o umbigo e normalmente seja um número a mais.

 

Verdade – Devo optar por uma calcinha mais próxima ao meu tom de pele ao usar vestido claro?

Sim. Aquela regra de usar a mesma cor da roupa com o vestido não vale, devido ao contraste da cor da pele com a lingerie. Para não correr o risco de sombra ou transparência no tecido, é importante optar por uma cor que mais se a próxima do tom da pele, dando preferência aos tecidos lisos.

 

Mito – Todo tipo de lingerie pode ser usada com o vestido de noiva?

Geralmente, as noivas buscam unir sensualidade e conforto neste momento especial. No entanto, não são todas as peças indicadas. O ideal é optar por acessórios que não irão marcar o tecido do vestido. Já o sutiã com bojo valoriza o colo e realça o decote. Para completar, use um persex que confere um charme especial as pernas.

 

Verdade – É possível disfarçar a gordurinha nas costas ao usar o sutiã certo.

Todas as mulheres estão propícias a terem àquelas indesejáveis gordurinhas nas costas, ainda mais se utilizarem um modelo muito justo. No momento da escolha, uma dica importante é vestir o acessório, levantar os braços e torcer o corpo. Se a peça não se movimentar, então pode comprar. Procure pelos modelos mais amplos e com faixas e alças mais largas.

 

Mito – A lingerie costuma ter "vida curta".

A lavagem da lingerie exige cuidado especial. Uma dica válida é colocar as peças dentro de um saco de roupa ou dentro de uma fronha, antes de levar o acessório à máquina. É importante também fechar o sutiã para que os ganchos não sejam danificados. Se cuidar bem, vai aumentar o tempo de vida da roupa íntima.

 






Serviço:

 

22ª Felinju – Feira de Lingerie de Juruaia

Data: 1 a 3 de maio de 2019, das 9h às 18h, e 4 de maio de 2019, das 8h às 18h

Local: Centro de Evento Expoju (Rua Suzana Gonçalves Salomão, 1.000 – Jd. Novo Horizonte - Juruaia (MG)

Desfiles: Todos os dias às 12h e às 16h

OBS: A infraestrutura do centro de eventos Expoju conta com um estacionamento exclusivo para ônibus e vans em excursão

Entrada: Gratuita

Contato: (35) 3553-1327

Site: www.felinjujuruaia.com.br

Facebook: www.facebook.com/felinju

 

 











Sua marca ou seu negócio no site e nas redes sociais !

Postagens mais visitadas deste blog

Estilo Brasileiro, Zuzu Angel misturava seu estilo à temas regionais e folclóricos

Estilo Brasileiro, Valdemar Iódice desenvolve uma moda jovem imprimindo personalidade em sua grife

Estilo Brasileiro, Rose Benedetti foi a precursora da bijuteria no Brasil