DESTAQUE

DECORAÇÃO: Mobiliário planejado contribui para o conforto no quarto de casal

Imagem
Criare apresenta soluções inteligentes e versáteis para projetar ambientes com personalidade  Quarto clássico projetado pela loja Belle Vie/Criare em Belo Horizonte, onde o padrão Aurum é o prot

GASTRONOMIA: Sorvete de paçoca é sugestão da Monterrey para incrementar o cardápio das Festas Juninas

Picolé leva em sua composição ingredientes como leite condensado, creme de leite, pasta de amendoim e pedaços do doce típico dos festejos juninos. Foto: Divulgação
A Festa Junina está entre as datas mais tradicionais e celebradas pelos brasileiros. Nesta época do ano, grande parte da população, de Norte ao Sul país, se reúne para festejar, dançar e, principalmente, apreciar as deliciosas comidas típicas. Entre os pratos salgados e doces, um que não pode faltar é a famosa paçoca. Por isso, a Monterrey, uma das principais fabricantes de sorvetes do Nordeste, sugere o sabor paçoca como opção para quem prefere incrementar o cardápio de quitutes neste ano, mas sem abrir mão das tradições da temporada.

O sorvete de paçoca ganha destaque nesse período do ano por agregar, em um mesmo produto, características como o sabor único do doce feito à base de amendoim e uma textura cremosa. Isso ocorre porque o sorvete leva em sua composição ingredientes como leite condensado, creme de leite, creme de amendoim e pedaços generosos de paçoca.

O sorvete de paçoca não contém glúten e está disponível em todos os pontos de vendas da Monterrey, localizados em várias cidades do país. Atualmente o sabor é vendido pelo preço de R$ 8,00 a unidade.

O cardápio da Monterrey conta ainda com outras opções de sabores que podem ser boas sugestões de consumo para os festejos juninos como Coco (preparado à base de coco, leite de coco e creme de leite) vendido a R$8,00 e Coco com Brigadeiro (com coco, chocolate, leite condensado e creme de leite) pelo preço de R$ 9,00.

A Monterrey começou a sua trajetória em 2013, em Salvador, fundada pelo empresário Pablo Rocha, sendo que a primeira ação da marca aconteceu na Casa Cor Bahia, quando apresentaram seus sorvetes. Produzidos artesanalmente, com frutas selecionadas, sem adição de conservantes e teor calórico baixíssimo, os picolés conquistaram o paladar dos nordestinos.

O negócio, que a princípio começou regionalmente, ganhou força e se espalhou pelo país, formando uma equipe de profissionais de ponta e especializados em sorvetes, alimentos, logística, expansão e que hoje fazem parte do time da Monterrey.

Em 2015, a Monterrey reforçou sua equipe com a contratação da DOM48, dos empresários Marinho Ponci e Pedro Fein. A empresa é especializada em expansão estratégica de mercado e desenvolvimento de qualidade nas operações.

Somente no ano passado, a empresa vendeu 5 milhões de sorvetes e a previsão é de que, até o final de 2015, a marca esteja presente em 150 pontos de vendas espalhados no território nacional, com seus produtos em 1,5 mil freezers, além de expandir seus negócios para as principais cidades do país. A Monterrey conta hoje com uma estrutura preparada, com capacidade de produção de aproximadamente 100 mil sorvetes por dia.