MOULAGE: protótipos utilizados para o desenvolvimento desta metodologia.



 Percebe-se um retorno do uso da moulage como ferramenta de inovação e possibilidade de transposição de técnicas industriais tradicionais de costura para acompanhar o avanço tecnológico acelerado com o surgimento de novas técnicas tais como o seamless (sem costura), que aponta para uma grande revolução tecnológica de produção em série do vestuário.

 Cada vez mais os designers de moda têm que ter mais criatividade para desenvolver roupas com mais inovação, com tempo de produção reduzido, o que resultará em peças diferenciadas com baixo custo de produção e alta margem de lucro para as empresas. Muitas vezes a genialidade está na simplicidade, e se o designer de moda conseguir chegar a peças totalmente inovadoras, com poucas costuras, conforto, qualidade e beleza, isto resultará tanto na satisfação do consumidor final como na satisfação de quem as produz, pois se conseguirmos produzir uma peça que contenham todas as qualidades desejadas, o tempo de produção será reduzido, conseqüentemente haverá um aumento na produção de peças/dia e a margem de lucro das empresas será maior. Além do consumidor final receber as mesmas num curto espaço de tempo, alta rotatividade e constante novidades nas lojas a custo acessíveis.

Postagens mais visitadas deste blog

Estilo Brasileiro, Zuzu Angel misturava seu estilo à temas regionais e folclóricos

Estilo Brasileiro, Vera Arruda desenvolvia um trabalho tipicamente brasileiro

Estilo Brasileiro, Valdemar Iódice desenvolve uma moda jovem imprimindo personalidade em sua grife