MODA: A história da empresária que levou sua loja a ser referência em moda em Goiânia


Cláudia Araújo levou a Loja Fate Mulher à referência na disputada cena fashion goiana, conquistando clientes com um atendimento personalizado e sempre se antecipando às tendências

No dia 20 de dezembro a loja goiana Fate Mulher completa 20 anos, escrevendo mais um capítulo de uma história regida por empreendedorismo feminino, paixão por moda e muito trabalho. Em 1998 a empresária Cláudia Araújo deu início a esta trajetória no centro da cidade, com fabricação própria, na Galeria Tocantins. Em pouco tempo viu o trabalho, feito com tanta dedicação, render frutos. Um ano depois levou o empreendimento, estrategicamente, para a região sul da cidade, em um endereço que ainda não era tão óbvio para o segmento e hoje é rodeado de lojas e comércio.


Desde o início, a vontade de crescer e a paixão pela moda foram os catalisadores que levaram a marca ao sucesso. Aliados a isso, o atendimento de excelência, personalizado e cuidadoso foi responsável por conquistar e fidelizar clientes, fazendo com que muitas delas tenham continuado até aqui adotando o estilo Fate de ser.


Quando a marca ainda produzia a sua própria grife, Cláudia e suas sócias investiam muito em criação de conteúdo e campanhas. Quem não se lembra de ver outdoors em toda a cidade e catálogos conceituais fotografados em locações excepcionais do Cerrado, como o Memorial ao índio, do artista plástico Siron Franco? Isso sem falar nas festas badaladas que a empresária preparava para receber suas clientes e celebrar os lançamentos. Além disso, há dez anos a loja passou a vender multimarcas, podendo focar exclusivamente na curadoria e relacionamento com as clientes, aquilo que a empresária mais gosta de fazer.


Conforme foi consolidando o estilo da marca, Claudinha, como é carinhosamente conhecida por suas clientes, foi entendendo o que exigia e necessitava a mulher goiana: versatilidade e modernidade, para atendê-las, uma vez que são cheias de energia, vaidosas e antenadas às tendências. A Fate, que já nasceu na vanguarda da cena fashion goiana, conquistou definitivamente seu espaço como referência de marca de moda.


Ao lado de sua sócia, Gláucia, da consultora de vendas, Kênia, e da sua equipe de marketing, Claudinha alcançou o título do que chama de moda despretensiosa. "A Fate sempre foi uma moda despretensiosa, que você pode usar a toda hora e sentir-se à vontade. Acho que a marca mostra isso para as pessoas, a ideia de poder usar roupas confortáveis e que, ao mesmo tempo, façam com que a mulher sinta-se sexy".


Mas nem tudo foram flores nesse caminho. "Tive que superar muitos desafios e ainda continuo superando a cada dia. Mas nada me dá tanta realização quanto olhar para essa história que está apenas começando", orgulha-se Cláudia Araújo. E alguém tem dúvida?


A moda e o digital: Como esse novo momento ajuda a fortalecer os laços com as clientes


Claudinha é categórica quando o assunto é moda e digital: a comunicação com as clientes mudou muito com as redes sociais. Hoje a marca investe em um trabalho firme nas redes da Fate, e conta com bons resultados. As vendas, para todo o Brasil, são o carro-chefe da página no Instagram, podendo levar esse estilo singular às mulheres de todo o País.


Mas o que vem chamando a atenção da seguidoras é o feed alinhado, com ideias e dicas de looks "baphônicos", que vêm sendo o diferencial do perfil nas redes. Sempre atenta às tendências, no timing certo, as fotos oferecem também um serviço de consultoria de estilo às seguidoras, que interagem de forma positiva com este conteúdo, pensado com tanto carinho e qualidade pela equipe da Fate.


Os resultados trazem otimismo para o futuro e a empresária espera por novos capítulos no livro de histórias da loja. "Esperamos que a marca galgue ainda mais espaço com o trabalho que está sendo feito. Que a gente consiga transmitir nosso amor pela moda e admiração pela mulher goiana, que é a nossa grande inspiração, para o público, sempre. E que a gente celebre mais 20 anos de Fate Mulher", finaliza. Inspiração e dedicação é que não falta!




Sobre a Fate Mulher

Completando 20 anos de história, a loja Fate Mulher tornou-se referência em Goiânia, em termos de atendimento, compromisso e inovação, quando se trata de estilo. Além de ajudar na construção da imagem e da autoestima de cada mulher através da moda e ser acompanhada por clientes fiéis ao longo de sua trajetória.

Sobre a Cláudia Araújo

Nascida em Goiânia (GO), Cláudia Araújo é empresária e fundou a Fate Mulher, uma loja de moda feminina e que busca levar o assunto às mulheres de forma leve, divertida e prazerosa, ajudando na valorização do estilo de seu público.

Sempre por dentro das tendências, a empreendedora se renova a todo momento, trazendo novidades e os melhores produtos para suas clientes, fazendo com que a loja tenha se tornado um forte nome entre a vanguarda da moda na capital goiana.



Serviço:

Confraternização dos 20 anos da marca Fate Mulher

Data: 20 de dezembro (quinta) das 16h às 19h

Fate Mulher - Endereço: Av.T-9, Setor Marista, Goiânia - GO






Sua marca, seu negócio no site e nas redes sociais !
Informações: oresumodamoda@gmail.com  

Postagens mais visitadas deste blog

Estilo Brasileiro, Zuzu Angel misturava seu estilo à temas regionais e folclóricos

Estilo Brasileiro, Valdemar Iódice desenvolve uma moda jovem imprimindo personalidade em sua grife

Estilo Brasileiro, Rose Benedetti foi a precursora da bijuteria no Brasil