Estilo Brasileiro, Ronaldo Fraga tem ousadia e crítica social em suas criações



Ronaldo Fraga é um estilista brasileiro. Nascido em Minas Gerais e graduado em estilismo pela Universidade Federal de Minas Gerais, estudou em Nova York, cursou a Parson's School com a bolsa que recebeu por ter vencido um concurso da empresa Têxtil Santista.


Em Londres, aprendeu chapelaria na Saint Martins e, junto com o irmão, abriu uma pequena produção de chapéus, vendidos nas famosas feiras de Camden Town e Portobello.


Em 1996, participou do Phytoervas Fashion, em São Paulo. Em 1997, ganhou o prêmio de estilista revelação. Logo em seguida lançou a sua marca própria. Após participar da Semana de Moda - Casa de Criadores, Fraga foi convidado a entrar no São Paulo Fashion Week e desde então desfila nas duas edições anuais do evento. Logo na segunda participação, as roupas para o verão 2001-2002, inspiradas em Zuzu Angel, foram indicadas como melhor coleção feminina de 2002 para o prêmio Abit - Associação Brasileira da Indústria Têxtil.


As roupas de Ronaldo Fraga são vendidas em duas lojas próprias, uma em Belo Horizonte e outra em São Paulo, e em 30 multimarcas espalhadas pelo Brasil.


O mineiro Ronaldo Fraga, 39 anos tem com humor, ousadia e crítica social constâncias em suas coleções que, temporada após temporada, dedica-se a contar "histórias absurdas do homem comum", como ele próprio define.


Graduado em estilismo pela Universidade Federal de Minas Gerais no início dos anos 90, passou os anos seguintes especializando-se no exterior.


Em Nova York, cursou a Parson's School com a bolsa que recebeu por ter vencido um concurso da empresa têxtil Santista.


Em Londres, aprendeu chapelaria na Saint Martins e, junto com o irmão, abriu uma pequena produção de chapéus, vendidos nas famosas feiras de Camden Town e Portobello. Com a renda do negócio, viajou toda a Europa.


Em 1996, veio ao Brasil para participar do Phytoervas Fashion, em São Paulo, em uma das primeiras edições. O desfile "Eu Amo Coração de Galinha", colorido e alegre, surpreendeu a todos numa época em que o espírito clean ditava a moda.



Viriam mais duas participações e a volta em definitivo ao Brasil. No último Phytoervas Fashion, em 1997, com a coleção "Em Nome do Bispo", inspirada na obra do artista Arthur Bispo do Rosário, ganhou o prêmio de estilista revelação. Em 1997, Fraga lançou a sua marca própria. Adotar sempre um tema como pano de fundo dos desfiles e a utilização de óculos com aros pretos de acrílico são as marcas registradas do estilista mineiro Ronaldo Fraga.

Nascido em Belo Horizonte, Ronaldo formou-se em estilismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Em seguida, ele conquistou uma bolsa de estudos através do Concurso Santista de Estilismo e foi cursar sua pós-graduação em Nova York, na Parson's School. Além disso, estudou por três anos na Central Saint Martins College of Art and Design, em Londres.

Ronaldo teve seu nome divulgado para o cenário da moda brasileira em 1997 quando venceu o prêmio de Estilista Revelação produzido pela Phytoervas Fashion. Sua coleção Quem matou Zuzu Angel concorreu ao prêmio Abit em 2002 pela categoria "Melhor Coleção Feminina". Ele passou a fazer parte da São Paulo Fashion Week (SPFW) em 2001.

Atualmente, o estilista dá aulas em universidades e em oficinas de moda, é responsável pelo figurino da banda mineira Pato Fu, da banda Santagustin e do Grupo Corpo. Também envolvido com projetos sociais, Ronaldo estiliza as roupas de espetáculos do Projeto Sambalelê, uma ação social que atende famílias carentes de Belo Horizonte. Para completar, escreveu o livro Moda, Roupa e Tempo - Drummond selecionado e ilustrado por Ronaldo Fraga.

Postagens mais visitadas deste blog

MARCAS e ESTILISTAS: Paco Rabanne, o inventor da armadura dos anos 60.