Jeans inspira lançamentos em artigos para calçados

Imagem
Presente há algumas temporadas nos calçados, o jeans permanece como forte tendência e continua a evoluir com diferentes acabamentos e efeitos. Pensando na versatilidade e visual proporcionados por esse clássico atemporal, a Cipatex® lança os novos artigos "Porus Suprema" e "Jeans Destroyed". Os materiais integram a nova coleção Enigma voltada para o inverno 2025. O "Jeans Destroyed" chega com aspecto desgastado, com áreas rasgadas e visual envelhecido. O material pode ser usado em botas, tênis, sapatênis, sandálias e até vestuário.     Fotos: Divulgação Bota com laminado Jeans Destroyed Já o "Porus Suprema" ganha efeito metalizado, textura sarjada, cores de fundo e acabamento com foil na superfície, trazendo o diferencial do brilho mais aparente para o artigo. "O lançamento une o fashion com a sustentabilidade devido à sua composição de algodão 100% orgânico, onde os materiais utilizados para urdir os fios são provenientes de mandio

NEGÓCIOS: Estratégias para melhorar a perspectiva das mulheres no mercado de trabalho

*Por Carolina Gilberti, CEO da Mubius Womentech 


A nova economia é feminina, ou pelo menos deveria ser, já que as mulheres representam grande parte da força de trabalho no mundo e estão ocupando setores que antes eram exclusivos dos homens. Entretanto, a desigualdade de gênero ainda é uma realidade no ambiente corporativo. Segundo pesquisa de 2020, da Bloomberg Economics, se as oportunidades de trabalho e educação disponíveis para as mulheres se equiparassem com as dos homens, isso resultaria em um acréscimo aproximado de 20 trilhões de dólares ao PIB global até 2050. A questão de igualdade de gênero deve ser encarada como um desafio para todos: sociedade, lideranças corporativas e gestores públicos.  

Veja cinco estratégias para tornar o futuro melhor para as mulheres! 

 

1 - Incentivar a participação feminina no ambiente corporativo e principalmente em cargos de liderança 

 

É necessário que as empresas tenham um olhar atento sobre a participação feminina. Os gestores e CEOs podem dar preferência para contratar mulheres para os postos de trabalho, principalmente, em cargos de liderança. Isso porque ter mulheres nos times profissionais é mais do que uma questão de garantir igualdade de gênero, é vantajoso economicamente para as corporações. Segundo uma pesquisa recente da McKinsey, que entrevistou mais de mil empresas em 12 países, empresas com maior diversidade de gênero têm 21% a mais de chance de alcançar resultados acima da média do que empresas com menos diversidade 

 

2 - Lutar por políticas públicas que defendam os direitos das mulheres 

 

Entender que o problema da equidade de gênero é uma questão de todos nós como sociedade é o primeiro passo para lutar por um mundo mais justo, pois quando existem barreiras à educação e ao emprego das mulheres, todos pagam a conta. É necessário que as empresas apoiem políticas públicas que assegurem verdadeiramente os direitos das mulheres, já que as grandes companhias têm bastante influência entre os legisladores do país.  

3 - Possibilitar o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal 

As empresas já descobriram que na equação do crescimento econômico, o capital humano é um fator essencial. As mulheres são parte importante dessa fatia e é imprescindível tornar o ambiente mais saudável para que elas permaneçam no mercado de trabalho sem precisar sacrificar a vida pessoal. Assim, as empresas precisam pensar em políticas como jornadas flexíveis de trabalho, benefícios exclusivos para mães e cuidadoras, licença maternidade adequada, e ações que envolvam a pauta da parentalidade, dentre outras  

4 - Garantir equidade de cargos e salários  

 

De nada adianta contratar mulheres ou colocá-las em cargos de liderança se os salários forem inferiores ao dos homens ocupando a mesma função. A empresa deve manter uma equidade de cargos e salários e adotar política de transferência de rendimentos, na qual os colaboradores têm acesso aos salários estipulados para os seus cargos, independente de gênero. 

5 - Gestão humanizada é o futuro e as mulheres estão à frente da mudança 

As mulheres não estão apenas participando da mudança no mercado de trabalho, elas são a mudança. O mundo corporativo como conhecemos, pautado por valores como competição, hierarquia, ego e individualismo está dando lugar a uma nova era, uma economia com as mulheres também no poder. Os novos valores praticados no ambiente de trabalho são entendidos como socialmente mais femininos e são implementados por, não somente lideranças de mulheres, como também diversas, como a colaboração, empatia, cuidado e um olhar para as questões de sustentabilidade ambiental e saúde mental. 

*Por Carolina Gilberti, CEO da Mubius Womentech Mubius WomenTech Ventures, a primeira WomenTech do Brasil. 

 Para mais informações, acesse: https://mubius.ventures/.  

  



CLIQUE AQUI E FALE COMIGO PARA ANUNCIAR SEU NEGÓCIO E
FAZER PARTE DA MAIOR REDE DE DIVULGAÇÃO NA INTERNET !






VEJA TAMBÉM:

CURIOSIDADES: Viralizou! Conheça Rayssa Buq, fenômeno das redes sociais

Bruna Linzmeyer nua em Gabriela

FuturePrint, Brother e Instituto Focus Têxtil firmam parceria para projeto de capacitação em design e estampas

Brizza-Arezzo traz a tendência Brasil Core para a nova cápsula

Chegou! Enjoei inaugura segunda loja física em São Paulo com curadoria especial de marcas e peças únicas a R$ 50

A convite da Aramis, trendhunter Cauã Reymond retrata as transformações da paternidade em campanha de Dia dos Pais

Cipatex lança coleção Enigma no Inspiramais

Sunglass Hut inaugura nova loja com conceito inovador no Shops Jardins

Dia dos Pais: elegância e funcionalidade na linha de couro Originais iPlace

Oakley lança coleção de óculos inspirada nos desafios e superações de atletas