DESTAQUE

GASTRONOMIA: Cerveja Blumenau é eleita a Cervejaria do Ano no Brasil Beer Cup com 23 medalhas

Imagem
Foram seis ouros, 13 pratas e quatro bronzes. Cerimônia aconteceu na noite de sexta-feira (26) A Cerveja Blumenau é a Cervejaria do Ano na categoria grande porte no Brasil Beer Cup 2021. A divulgação do resultado do concurso aconteceu na noite de sexta-feira (26), em Florianópolis (SC). A marca conquistou 23 medalhas, sendo seis de ouro, 13 de prata e quatro de bronze.   As três linhas de produto foram premiadas. Na Mestres do Tempo, que celebra bebidas maturadas em barris na adega da cervejaria, foram nove medalhas, sendo três de ouro: Mestres do Tempo Lambic #1 (no estilo Belgian-Style Lambic), Mestres do Tempo Gueuze #1 (no estilo Belgian-Style Gueuze) e Mestres do Tempo Maracujá Negro (no estilo Mixed-Culture Brett Beer).  A Macuca Imperial Stout levou o ouro no estilo British-Style Imperial Stout e teve quatro edições especiais também premiadas: prata com Tropicalente (no estilo Chilli Pepper Beer) e Pé-de-Moleque (no estilo Field Beer) e bronze com a Bala de Coco (no es

DECORAÇÃO: 5 dicas para deixar o home office mais produtivo

FK Grupo e as arquitetas do Mira Estúdio selecionaram dicas importantes para deixar este ambiente ainda mais incorporado ao resto da casa

Cadeira Mont Blanc da F.WAY traz sofisticação e ergonomia para o home office

Após mais de um ano do início da pandemia de Covid-19 no Brasil, o que antes era considerado tendência ou mesmo um mundo a ser explorado, já faz parte da rotina de uma boa parte das pessoas. O home office veio para ficar. Segundo pesquisa da consultoria de recrutamento Robert Half, 92% dos colaboradores são favoráveis ao trabalho remoto, tendo o modelo híbrido (parte em casa, parte no escritório) como o preferido. Os famosos contratempos desse método de trabalho como a relação com os filhos, problemas de conexão e a saúde mental podem ser minimizados com algumas ações.


Mesmo ao trabalhar em casa, é essencial ter um local exclusivo, para exercer suas atividades diárias. Assim, não será preciso dividir espaço com a área de lazer e descanso. Por isso, é preciso avaliar como esse esquema funcionará daqui em diante.


O FK Grupo, com as suas marcas F.WAY, Sittz e Frisokar apresenta diversas soluções para tornar o trabalho remoto ainda mais produtivo e agradável. Para garantir um espaço perfeito, a empresa convidou as arquitetas Ana Beatriz Franceschi e Juliana Junqueira do Mora Estúdio, para dar cinco dicas que podem fazer diferença em um home-office. "O primeiro passo é conversar com a família e estabelecer que aquele espaço é profissional e deve ser respeitado", afirma Juliana. Porém, além disso, é preciso pensar no espaço como um todo.

 

1 – Como escolher o local ideal?

Antes de tudo, é preciso pensar que o ambiente que será escolhido para o teletrabalho precisa transmitir conforto e segurança. "O local tem que fazer a pessoa se sentir bem, ser limpo, sem barulhos e longe de distrações. Também deve permitir uma decoração que se relacione com o trabalho e reflita a personalidade de quem senta ali", afirma Ana Beatriz Franceschi. Já Juliana Junqueira lembra que este ambiente não deve ser um local de passagem constante dos outros membros da família e, de preferência, deve ter a mesa posicionada em um local que seja possível visualizar a porta de entrada e o ambiente como um todo.


2 – Pense na funcionalidade

Com o espaço escolhido, é preciso pensar no mais essencial, a ergonomia. A cadeira deve receber atenção especial, pois é nela que passamos grande parte do dia. "Uma cadeira com diversas possibilidades de ajustes e confortável é o ponto de partida para montar um home office. Depois disso, é preciso ajustar a altura da mesa e da tela, de acordo com quem for utilizar", destaca Ana Beatriz. Para ela, a altura do assento, teclado, mouse e tela, o espaçamento da tela em relação aos olhos e sua angulação são pontos importantes para garantir uma postura correta.


3 – Como deve ser a decoração do ambiente?

"A decoração deve ser pensada de acordo com a atividade que você exerce. É preciso primeiramente entender o que o seu trabalho exige. Dessa forma, o ambiente deve proporcionar aquilo que você busca", destaca Juliana. Segundo ela, estudos demonstram que a decoração pode influenciar diretamente na produtividade. Por isso, é preciso ter um ambiente pensado exclusivamente para as necessidades de quem está utilizando, onde tudo ali tem a sua identidade, sendo funcional e permitindo ser mais produtivo. Já em relação à estética, existem diversas opções de customização de cores e texturas, tanto para o mobiliário quanto para o espaço, "é importante pensar primeiramente como você deseja que seja o resultado final para então mobiliar o ambiente", completa.


4 – Como criar um bom ambiente de trabalho?


Para um ambiente produtivo e agradável, as arquitetas destacam que as cores devem ser utilizadas com sabedoria, dosando-as para não tornar o ambiente pesado ou cansativo. Quanto às texturas, é possível optar por materiais que sejam agradáveis ao toque, como a madeira e nos estofados escolha tecidos com toque suave e que sejam confortáveis.


Além dos objetos básicos, existem outros itens e práticas simples que podem auxiliar no dia a dia em seu home office, lembra Juliana. "Um bom apoio para os pés ajuda a manter a postura alinhada; alguns pequenos objetos aliviadores de ansiedade e estresse podem auxiliar na rotina, como spinner, massageadores, e outros objetos para apertar". Já Ana Beatriz destaca a necessidade de manter o ambiente arrumado com o uso de organizadores de fios ou utilizando acessórios sem fio. "Tudo para manter o local agradável para o trabalho. Além disso, escolha um ambiente que seja ventilado e com temperatura agradável ou que tenha um ar condicionado ou climatizador", destaca a arquiteta.


5 – Para quem tem um sistema híbrido de trabalho, como fazer?


O sistema híbrido de trabalho tem conquistado mais espaço, especialmente depois de todas as mudanças que ocorreram com a chegada da pandemia. Diversas empresas já têm adotado o "anywhere office" como cultura, por terem notado que a produtividade dos funcionários melhorou. Dessa forma, o funcionário pode trabalhar na empresa, em um coworking ou algumas vezes em casa. Por isso, o uso de mobiliário multifuncional passa a ser uma ótima opção para quem não tem um espaço exclusivo para dedicar ao home office.


"Ter uma mesa com regulagem de altura, por exemplo, pode ser utilizada tanto para refeições como para trabalhar. Caso não tenha espaço de sobra, é possível comprar um "desk extender" que é uma mesinha extensora para posicionar em cima da sua mesa existente, trata-se de um apoio que possibilita trabalhar em pé. Além disso, essa mesinha também é multifuncional e pode ser usada como suporte de cama para notebook ou café da manhã", completa a arquiteta Ana Beatriz Franceschi.


fkgrupo.com

(14) 3662-9000