Jeans inspira lançamentos em artigos para calçados

Imagem
Presente há algumas temporadas nos calçados, o jeans permanece como forte tendência e continua a evoluir com diferentes acabamentos e efeitos. Pensando na versatilidade e visual proporcionados por esse clássico atemporal, a Cipatex® lança os novos artigos "Porus Suprema" e "Jeans Destroyed". Os materiais integram a nova coleção Enigma voltada para o inverno 2025. O "Jeans Destroyed" chega com aspecto desgastado, com áreas rasgadas e visual envelhecido. O material pode ser usado em botas, tênis, sapatênis, sandálias e até vestuário.     Fotos: Divulgação Bota com laminado Jeans Destroyed Já o "Porus Suprema" ganha efeito metalizado, textura sarjada, cores de fundo e acabamento com foil na superfície, trazendo o diferencial do brilho mais aparente para o artigo. "O lançamento une o fashion com a sustentabilidade devido à sua composição de algodão 100% orgânico, onde os materiais utilizados para urdir os fios são provenientes de mandio

Renda extra ou empreendedorismo? Como a venda de produtos usados na internet tem impactado a vida financeira de brasileiros

Vendedores pagam curso superior e até viagem internacional a partir das vendas no e-commerce Enjoei 

 

A venda de peças de roupa e objetos que estão parados há muito tempo nos armários pode ser uma boa opção de renda extra, especialmente com a facilidade do universo digital. No entanto, há quem faça dessa prática um verdadeiro negócio, lucrando o suficiente para pagar uma viagem internacional e até mesmo as mensalidades de um curso superior.
 

É o caso da nutricionista Luana Marques, 30 anos, que pagou sua graduação com as vendas realizadas no Enjoei, o maior marketplace de moda seminova do país. "Comecei indo a brechós de bairro e igreja para buscar por peças baratas, de até R$ 2,00. Comprava, lavava, passava e às vezes fazia pequenos ajustes para restaurar a roupa. Eu anunciava no Enjoei e conseguia um lucro realmente muito bom. Foi assim que paguei cerca de 70% do meu curso superior", comenta Luana.
 

Já a Flávia Cristina Brasil, 35 anos, comprou as passagens de ida e volta para Nova York, nos Estados Unidos, com seu acumulado de R$ 5 mil em vendas no Enjoei. No entanto, a vendedora já faturou muito mais na plataforma, cerca R$ 70 mil. "Já vendi mais de 1.000 itens ao longo de 10 anos. Desde roupas, acessórios, até capacete, manta térmica, suporte para papel higiênico e bicicleta. Se o vendedor der uma atenção especial a esse negócio, é possível vender mais de R$ 1.000 por mês", afirma.

 

(Alguns dos itens à venda de Flávia) 
 

Além da compra das passagens aéreas, Flávia já utilizou o ganho para outros fins, como pagar o cartão de crédito, para tratamentos estéticos e comprar roupas. Os últimos lucros da vendedora na plataforma, por exemplo, foram entre R$ 1.500 e R$ 2.750, chegando a faturar até R$ 7 mil.
 

Luana conta que, assim como Flávia, também comercializou peças e itens variados na plataforma, que vão desde as roupas que garimpava até fone de ouvido, câmera fotográfica, moringa de barro e até mesmo uma bandeja de inox que sua mãe ganhou como presente de casamento e nunca usou. "Mesmo depois de formada e de já ter pagado toda minha faculdade, o Enjoei continua sendo uma forma de complementar minha renda mensal. E mais do que isso, tenho guardado parte do dinheiro das vendas para alcançar um grande objetivo: comprar um apartamento", ressalta.
 

Além de vendedora, Luana fez sua primeira compra no Enjoei ainda em 2014, quando começou a faculdade. A nutricionista estava vivendo uma situação financeiramente difícil na época com o falecimento do pai. "Eu precisava comprar uma mochila para levar às aulas e encontrei uma da Nike por apenas R$ 10 à venda no Enjoei. Essa mochila me acompanhou durante os quatro anos do curso", complementa.
 

Dicas para vender muito no Enjoei 


Flávia costuma dar dicas sobre como vender no Enjoei em suas redes sociais e faz um papel quase que de consultora de seus amigos que começam a vender na plataforma. Dentre as dicas mais valiosas, ela ressalta que "fotos nítidas e mostrando os detalhes dos produtos" são parte do segredo para atrair a atenção dos compradores. Além disso, é necessário descrever bem a peça e responder todas as dúvidas com paciência e educação. Outra dica estratégica é "megafonar" o produto à venda diariamente. Essa é uma função da plataforma que permite que o item fique no topo da pesquisa dos usuários.
 

Já Luana diz ter percebido que "anúncios com medidas das peças e composição dos tecidos têm maior probabilidade de venda". Além disso, Luana costuma postar ao menos três fotos, de ângulos diferentes, do mesmo produto. Já depois da venda, ela prioriza enviar o item com rapidez ao comprador para completar a boa experiência de venda "essa é a receita do sucesso", finaliza.
 

CLIQUE AQUI E FAÇA
O CADASTRO DO SEU NEGÓCIO !



SIGA NAS REDES SOCIAIS






VEJA TAMBÉM:

CURIOSIDADES: Viralizou! Conheça Rayssa Buq, fenômeno das redes sociais

Bruna Linzmeyer nua em Gabriela

FuturePrint, Brother e Instituto Focus Têxtil firmam parceria para projeto de capacitação em design e estampas

Brizza-Arezzo traz a tendência Brasil Core para a nova cápsula

Chegou! Enjoei inaugura segunda loja física em São Paulo com curadoria especial de marcas e peças únicas a R$ 50

A convite da Aramis, trendhunter Cauã Reymond retrata as transformações da paternidade em campanha de Dia dos Pais

Cipatex lança coleção Enigma no Inspiramais

Sunglass Hut inaugura nova loja com conceito inovador no Shops Jardins

Dia dos Pais: elegância e funcionalidade na linha de couro Originais iPlace

Oakley lança coleção de óculos inspirada nos desafios e superações de atletas