MODA: Labellamafia projeta investimento de R$ 10 milhões para 2022 com foco em reestruturação de canais e aquisições de marcas para ampliar portfólio

Movimentações são estratégicas para transformar a marca em um conglomerado de moda e lifestyle
 

A LABELLAMAFIA, marca de moda fitness e streetwear fundada pelos empreendedores Giulliano Puga e Alice Matos, investirá R$ 10 milhões neste ano com foco na reestruturação de canais (franquia e internacional), além de aquisições que possam diversificar seu mix de produtos. Com essas movimentações, o grupo pretende crescer no mesmo ritmo dos últimos anos - desde 2019, o crescimento soma 200%.


 


Em 2021, a companhia dobrou seu faturamento proveniente das operações internacionais e espera dobrar a cada ano. Com a reestruturação desse canal, a Labellamafia deve implementar operações mais robustas não só na América Latina mas também nos EUA.

 

Nos próximos 5 anos, pretende ter operações robustas na América Latina, e estender a oportunidade para os demais continentes. Atualmente, a Labellamafia está presente em 40 países com lojas nos Estados Unidos, Alemanha, Suíça, Panamá, Rússia entre outros. Em janeiro, a marca abriu sua primeira unidade no Uruguai.

 

Além disso, a companhia também abriu 17 franquias e espera inaugurar outras 35 em 2022, totalizando 50 operações em 15 estados do país. A meta é chegar a 2024 com 300 franquias, com foco em shoppings, capitais e cidades com mais de 250 mil habitantes.

 

"Estamos fazendo toda essa revisão dos processos e canais para que em 2023 grande parte do faturamento da Labellamafia seja proveniente desses dois pilares - franquias e internacional", explica Rafael Sobreira, CEO da Labellamafia. Para o atacado nacional (multimarcas) - a expectativa é aumentar em 50% a carteira de novos lojistas até o fim deste ano.

 

Além dessas movimentações estratégicas relacionadas à ampliação dos canais, a Labellamafia também inaugurou um laboratório próprio de inovação em sua sede em Santa Catarina, com objetivo de iniciar o processo de transformação da marca em um grupo de tecnologia com foco em moda. O espaço funciona como um hub de novos talentos e negócios, que visa adquirir e desenvolver outras marcas a atingirem seu potencial por meio da plataforma do grupo, disponibilizando sua força de mídia, tecnologia, capilaridade, logística e vendas para impulsioná-los.

 

O grupo está em busca de marcas que faturem entre R$ 1 a R$ 5 milhões, mas não conseguem escalar por falta de estrutura. A estratégia tem como objetivo transformar a Labellamafia em um grande grupo de moda, além de feminino e masculino. A companhia considera aquisição de marcas de beleza, homewear e acessórios.

 


Postagens mais visitadas deste blog

Dia dos Pais: tênis da Marvel Comics para adultos e crianças

MODA: Mariana Rios solta a voz em evento da Colcci

MODA: Paloma Bernardi na campanha de Verão 2015 da Max Glamm