DESTAQUE

DECORAÇÃO: Mobiliário planejado contribui para o conforto no quarto de casal

Imagem
Criare apresenta soluções inteligentes e versáteis para projetar ambientes com personalidade  Quarto clássico projetado pela loja Belle Vie/Criare em Belo Horizonte, onde o padrão Aurum é o prot

MODA: SPFW - Projeto Sankofa


SILVÉRIO BRAND

A Oráculo é o resultado de estudos sobre o perdão como processo de cura, durante a descoberta e tratamento de um câncer ósseo identificado na L5 da coluna vertebral do diretor criativo da marca, através de abordagem em três pontos de vista, o judiciário, religioso e o filosófico.

Mediante a flexibilização do isolamento social, e a euforia otimista que subjuga as feridas concebidas ou emergidas na fase de reclusão (instabilidade econômica, vulnerabilidade sanitária, inflação, inadimplência, desemprego), a Silvério propõe encararmos os sentimentos contidos e restaurá-los para seguirmos adiante.

Sem ignorar os sentimentos mais profundos como, angústias, incertezas, intolerâncias, raivas e revoltas durante o enfrentamento do processo.

A busca dessa regeneração também abre precedentes para a perpetuação de falsos profetas, e consumo produtos e práticas de "bem-estar" durante a espera de "Messias", terceirizando o livre arbítrio da experiência humana, os colocando na expectativa de uma salvação.

Fazendo um mix de referências de roupas de sacerdotes (aqueles que absolveram os pecados dentro das religiões que representam) somando com nossas bases de alfaiataria espiralada, representando as idas e vidas de sentimentos com abordagem minimalista e urbana, sempre usando a técnica de viés como ponto de partida. A cartela de cor contempla: Branco, Bege, Cinza, Magenta Profundo, Vermelho, Vinho e Preto.

Destaque entre os tecidos fica com artigo Tablaf da Vicunha, que mistura 60% algodão com 40% cânhamo, fibra que é a base do o óleo de canabidiol, também conhecido como óleo de CBD. Esta é uma substância obtida a partir da Cannabis sativa, conhecida popularmente como maconha, que é capaz de aliviar os sintomas de ansiedade, ajudar no tratamento da insônia e ter benefícios no tratamento da epilepsia, inflamações e dores físicas. Ainda na gama das matérias contamos com os algodões G Vallone, cedidos através da Sou de Algodão, e os Moletons da AN têxtil. A Texprima nos concedeu uma matéria de malha dublada, lado uva, lado coza mescla usada em algumas releituras de alfaiataria contemporânea. A Sprint nos ajudou a desenvolver nossa única estampa desta coleção que é uma releitura do gráfico grunge dos começo dos anos 90 em tons de vermelho e magenta profundo.

O styling, assinado por Daniel Ueda, brinca com a nossa percepção de gênero, junto com os óculos da Livo, que ajudam a moldar a nossa persona, e as luvas que trazem um ar de fetichismo escondendo os membros. A make assinada por Kátia Araújo, em parceria com a MAC, traz o minimalismo dos anos 90 com uma beleza bem purista após ativação dos produtos de Skincare Marina Shore, e a utilização de máscaras e a limpeza de toxinas na pele através da técnica milenar do instrumento Qua Sha.

A trilha Sonora, assinada por Leonardo Marques, nos conduz a uma experiência dos sons mais industriais do começo dos anos 00, com influência de rock progressista e nu metal influenciados por bandas como Nine Inch Nails e Deftones, acompanhada com os vocais navalhados de Cavolik, que põe um sabor extra à mistura.

FICHA TECNICA SILVERIO

Marca Silvério: @silveriobrand
Styling: @danielueda1
Assist de styling / foto: @georgia.hoshino
Maquiagem: @katiaraujomakeup
Cabelo : @hakstol
_________________________________________________________________________________________________

MILE LAB: FLVXO MILENVR

"Abro meus braços pra voar, assim como a pipa que não se fecha nem pra subir. Olho pro céu que fica mais perto do que parece e dedico o meu sonho pra cada moleque que tentou sonhar, mas não tá aqui."

A FLUXO MILENAR é uma coleção fundamentada no Afrofuturismo, criada para falar sobre a celebração da existência dos corpos pretos e marginalizados em um futuro onde a periferia tem suas raízes culturais valorizadas e respeitadas.

Decidimos apresentar a coleção que celebra nossa existência em partes, sendo a primeira uma construção que evidencia, na prática, o povo preto periférico transformando as angústias e dores que uma sociedade institucionalizada no racismo promove, em arte pura e significativa.

O primeiro elemento desta coleção é a pipa, que decora os céus periféricos e dificilmente faz presença em regiões centrais, sendo assim parte da cultura e estética das quebradas desde seu surgimento. Papéis de seda, varetas de bambu, rabiolas de saco plástico, linhas de algodão e demais acessórios são materiais que não só representam o desenvolvimento de diversas crianças em criar suas próprias pipas mas também ferramentas que às permite olhar para o alto e mesmo com os pés no barro, chegar mais perto do céu.

O funk é a ferramenta que devolve a autoestima para o nosso povo. Ele é o grito latente de sonhos que nascem nas ruas. É através dessa batida que a periferia encontra força para expressar em movimentos a realidade do cotidiano dentro de becos e vielas de uma favela. O funk é a trilha sonora da favela do futuro, é o ritmo do Fluxo Milenar.

_________________________________________________________________________________________________

AZ MARIAS - A "AMEFRICANIDADE" PULSANTE DE LÉLIA GONZALEZ

Segundo desfile da marca AZ Marias para o SPFW homenageia a principal intelectual brasileira do feminismo
A marca AZ MARIAS vai colocar na passarela da SPFW 2021 - principal evento de moda do país - sua coleção
dedicada ao pensamento e ações da mais revolucionária feminista negra dos últimos tempos, LÉLIA GONZALEZ.

Considerada grande referência para os movimentos sociais, a intelectual foi enaltecida por Angela Davis durante
visita ao Brasil em 2019, quando afirmou "... aprendi mais com Lélia Gonzalez do que vocês aprenderão comigo".
Lélia de Almeida Gonzalez colocou sua militância a favor de reflexões sobre a realidade e a posição estratégica das mulheres negras na sociedade. É dessa ainda necessária discussão que AZ MARIAS desenvolve sua moda SUSTENTÁVEL e INCLUSIVA, pensando no empoderamento do povo preto e costurando para corpos reais,
com silhuetas e curvas distintas.

O desfile mostra recortes da elegância de Lélia Gonzalez, em roupas desenhadas pela estilista e fundadora da marca Cintia Felix. Com consultoria da família da filósofa, a estilista criou peças inspiradas nas roupas usadas por Lélia, mantendo a forte estética do empoderamento trazido pelo movimento Black Power nos anos 1970.

A cultura, o bom gosto, a vaidade o sorriso largo e cativante eram pontos destacados naquela mulher.
Toda sua força e exuberância estarão presentes no desfile, com roupas em cores que ela mais gostava,
acompanhadas de acessórios imponentes que firmemente ela ostentava.

REFERÊNCIAS | A nova coleção traz em seu DNA a opulência da ancestralidade afro e a estética identitária das
"joias de crioula" - objetos que marcavam a liberdade física e econômica das mulheres negras escravizadas entre
os séculos XVIII e XIX. A estilista destaca que seu novo trabalho enaltece a mulher que está em seu melhor
momento de plenitude e protagonismo, aos 40, 50 e 60 anos de idade.

A marca olha para o novo mantendo e reforçando o legado dos que vieram antes. Sorvida também pelas obras do
fotógrafo malinês, Seydou Keita - que em 1948 começa a registrar o povo preto em imagens repletas de elementos
e poses afirmativas e modernas - a coleção está imbuída de potencialidades narrativas.

SUSTENTABILIDADE | As 17 peças do desfile reforçam a filosofia da marca AZ MARIAS - que é promover a
discussão e o impacto socioambiental positivo através da moda. A marca de slow fashion utiliza tecidos
ressignificados, inteligentes, tecnológicos e antivirais fornecidos pelas empresas: Vicunha; Euro Roma; TexPrima;
Teray Têxtil e Sprint Textil.

INCLUSÃO | Provando que sua moda é inclusiva, AZ MARIAS coloca suas peças em mulheres e homens comuns.
Seu casting será formado por modelos de diversos corpos e estaturas. Outro destaque será a presença de Roseli
Faustino (56 anos), mãe da estilista, que desfilará pela primeira vez.

DEVOLUTIVA | Cintia Felix tem uma máxima: "o que eu vou devolver ao mundo". Com este pensamento sua
marca cumpre um importante papel social. Desenvolve e participa de diversos projetos, dentre eles um na
Comunidade do Jacaré, no Rio de Janeiro, que mantém uma escola de modelos. Sobre a coleção Cintia adianta que
parte das vendas será revertida ao Instituto Memorial Lélia Gonzalez.

APOIADORES | A inclusão social, a manutenção do legado ancestral, a reciclagem, o uso racional dos recursos
naturais - para preservar o meio ambiente - são os pilares da AZ MARIAS e de empresas também engajadas, como
a CONVERSE que, para "recriar o amanhã", usa em seus tênis materiais reciclados de garrafas pets.
No desfile N52 da SPFW além da marca @converse_br estarão juntos com a AZ MARIAS os seguintes parceiros e
apoiadores:
• Eme Sunglasses - @emesunglasses
• TexPrima Lof - @texprimalof
• Studio Lumumba - @studio_lumumba
• EuroRoma - @fioseuroroma
• Fabi Pretah - @fabipretah
• Vicunha - @vicunhabrasil
• Teray Têxtil - @teraytextil
• Marcia Munhoz - @marciamunhoz_shoesandbags
• Sprint Têxtil - @sprint_textil
• Natural One - @naturaloneoficial
• Cynthia Mariah - @cynthiamariah

Silvério Brand

Silvério Brand
Silvério Brand

AZ Marias

AZ Marias
AZ Marias

Mile Lab

Mile Lab
Mile Lab