MODA: Alme, marca do grupo Arezzo&Co, começa nova jornada 100% carbono neutro

Com matérias primas de menor impacto ambiental, neutralização de carbono com apoio à preservação das florestas brasileiras em todos os produtos e numeração expandida, a marca do grupo Arezzo&Co. se torna referência no segmento


A Alme, marca do grupo Arezzo&Co, começa uma nova jornada propondo reflexão e mudança.
Referência em conforto e design dentro do grupo, Alme apresenta, no dia 08/11, sua evolução
de posicionamento com a premissa de produtos com menor impacto ambiental, compensação
de emissões e da circularidade. Além da expansão da grade de numeração até o número 44,
para que possa ser usada por todes.

Os pilares da marca (design consciente, sustentabilidade, conforto e respeito à origem
brasileira) também são refletidos nos seus pontos de venda. Recursos como o ecogranito, a
taipa de pilão e o algodão reciclado foram utilizados no projeto arquitetônico das lojas,
valorizando matérias primas de menor impacto ambiental. Na loja da Oscar Freire também foi
instalado um bicicletário, que estimula uma forma ecoeficiente para a mobilidade urbana.

Para desenvolver a Análise de Ciclo de Vida de todos os seus produtos, Alme contratou a
UpCycle, consultoria especializada em economia circular que utiliza uma metodologia
internacional de padrão ISO14040 para mensurar a pegada de carbono. O resultado do estudo
é a mensuração do impacto de cada par de sapatos ao longo da sua vida - medida em kg de
CO2. A marca tem o compromisso com a redução do seu impacto ambiental e compensará
100% das suas emissões em projetos de preservação da floresta Amazônica. Com esses
números em mãos, a Alme investe em projetos de preservação de florestas via investimento
em créditos de carbono dedicados a projetos REDD+. Além de oferecer a opção carbono zero
nas entregas, que serão feitas de bicicleta na cidade de São Paulo.

O compromisso de Alme vai além da venda do produto. Ela oferece para os consumidores
alternativas de circularidade, como o projeto Alme Retorna, que propõe uma solução mais
adequada para descartar seus sapatos que ficaram inutilizados. O sapato (de qualquer marca)
pode ser enviado à loja, onde a equipe os encaminha para serem transformados em matérias
para outras indústrias, podendo ser utilizadas como combustível na indústria do cimento, por
exemplo. Outra iniciativa de estímulo à economia circular é o ponto de coleta oficial TROC na
loja da Oscar Freire. A TROC é um brechó online, e seus clientes poderão enviar roupas para
revenda nas TROC bags disponibilizadas nas duas lojas. Alme também continua com suas
embalagens de carbono neutro e possuem o selo Eu Reciclo: um compromisso com a cadeia de
reciclagem no Brasil.

Para finalizar, o único material de origem animal utilizado em seus produtos é a lã 100%
brasileira. A lã de Alme vem do Rio Grande do Sul, oriundas de ovelhas que são criadas soltas e
tratadas com carinho. A fazenda onde essas ovelhas são criadas foi visitada pela equipe e
escolhida a dedo por compactuar com os ideais da marca do grupo Arezzo&Co.



Postagens mais visitadas deste blog

Dia dos Pais: tênis da Marvel Comics para adultos e crianças

MODA: Mariana Rios solta a voz em evento da Colcci

MODA: Paloma Bernardi na campanha de Verão 2015 da Max Glamm