DESTAQUE

GASTRONOMIA: Cerveja Blumenau é eleita a Cervejaria do Ano no Brasil Beer Cup com 23 medalhas

Imagem
Foram seis ouros, 13 pratas e quatro bronzes. Cerimônia aconteceu na noite de sexta-feira (26) A Cerveja Blumenau é a Cervejaria do Ano na categoria grande porte no Brasil Beer Cup 2021. A divulgação do resultado do concurso aconteceu na noite de sexta-feira (26), em Florianópolis (SC). A marca conquistou 23 medalhas, sendo seis de ouro, 13 de prata e quatro de bronze.   As três linhas de produto foram premiadas. Na Mestres do Tempo, que celebra bebidas maturadas em barris na adega da cervejaria, foram nove medalhas, sendo três de ouro: Mestres do Tempo Lambic #1 (no estilo Belgian-Style Lambic), Mestres do Tempo Gueuze #1 (no estilo Belgian-Style Gueuze) e Mestres do Tempo Maracujá Negro (no estilo Mixed-Culture Brett Beer).  A Macuca Imperial Stout levou o ouro no estilo British-Style Imperial Stout e teve quatro edições especiais também premiadas: prata com Tropicalente (no estilo Chilli Pepper Beer) e Pé-de-Moleque (no estilo Field Beer) e bronze com a Bala de Coco (no es

MODA: 3ª Brazil Jewelry Week

A 3ª edição do Brazil Jewelry Week, acontece entre o dia 18 a 25 de novembro, sob o tema "Os Corpos Híbridos, Mestiços e Latinos". Em formato "on line" o evento dedicado a joalheria contemporânea reunirá artistas joalheiros de toda América Latina, além de proporcionar uma semana intensa de palestras e performances.

Uma reflexão sobre padrões, ideais ou posições. Joalheria como expressão artística e item colecionáveis, arte vestível! O evento debate sobre corpos dos artistas joalheiros que criam e recriam outros corpos, outra estética. Corpo jóia potencialidade expressiva.



os: pluralidade multiplicidade e diversidade.

Brazil Jewelry Week terceira edição, apresenta o sentido presente na forma, o sintoma encapsulado na matéria, escavando as origens, criticando a história, questionando o discurso e reescrevendo o enredo em forma de adornos, joias contemporâneas.

Esta edição recebe 44 artistas joalheiros de vários países da América Latinas, como Brasil (23), Argentina (9), Chile (1) e Colômbia (2). Da América Central do Mexico (3) e Costa Rica (1), além de representantes da Espanha (1), Moçambique (1) e Korea do Sul (1).



Durante a semana do evento, será lançada uma plataforma permanente de exposição dos joalheiros selecionados, que terão até 2022 suas coleções e obras exibidas. Todo evento, as ações e coleções podem ser acessadas pelo site oficial do evento.


Para Chrissie Barban, joalheira e criadora do BJW: "O evento aproxima talentos criativos da joalheria contemporânea, lado a lado, derrubando fronteiras. Acreditamos na potencialidade do coletivo para expandir a joia de arte latina. Identidades múltiplas e singulares. Nesta terceira edição diferentes corpos - Os híbridos, mestiços e latinos - unidos para fortalecer a todos e tornar visível o trabalho sensível e intelectual de cada um. Reverenciamos a joia arte na sua profusão"

A terceira edição BJW-2021 - espaço aberto para manifestações artísticas no campo da Joalheria Contemporânea com olhar atento nas diferentes visões sobre o imaginário colonial da cultura latino-americana. Expressões que refletem a cultura latina em forma de arte vestível e colecionáveis.

O evento apresentará ao público, aos colecionadores e apaixonados por joia arte, um universo de talentos criativos empenhados em produzir o melhor da joalheria contemporânea. Brazil Jewelry Week, se concretiza dentro de um contexto histórico, social e artístico, com liberdade de expressão, comunhão criativa e participação ativa dentro de um circuito internacional de alcance global.



Brasil Jewelry Week permite elaborar uma imagem na qual possamos representar e materializar nossa diversidade cultural, apresentando os diferentes conceitos que nos influenciam em toda nossa história.

Na equipe de curadores desta terceira edição, temos o joalheiro Jorge Manilla (México), professor da área temática de metais e joias artísticas na National Academy of Arts em Oslo, Noruega; Titi Berrio (Colômbia), mestre em Artes Plásticas da Universidade Nacional da Colômbia com formação em produção e design de joias e Renato Araújo (Brasil), especialista em arte africana, formado em filosofia pela Universidade de São Paulo (USP).

"Acredito que as construções das joias arte serão o reflexo da nossa diversidade atual - verdadeira amostra da importância da cultura indígena e da miscigenação dos povos. Vamos recuperar aquela velha autoestima perdida, submetida e negada. Vamos mostrar nossos processos criativos, nossos pontos de vista críticos, nossas materializações artísticas. Que nossos tesouros culturais, antes negados e esquecidos, sejam agora orgulho dos artistas joalheiros da América Latina.", JORGE MANILLA

"Somos indivíduos que operam dentro de um sistema que entende as possibilidades do presente, Sociedades que são produtos de um passado indígena e colonial, um passado rico em linguagens plásticas de origens diversas. No BJW2021, a joalheria nos reúne como meio de expressão, para homenagear que somos corpos híbridos de mestiços e latinos, moléculas de uma construção coletiva em que a força, além das fronteiras físicas, está nas ideias e num pensamento que tem como ponto comum localização geográfica.", TITI BERRIO



"A prática da joalheria representa um verdadeiro desafio no nosso mundo contemporâneo: enquanto os nossos antepassados mais remotos ao se adornarem pela primeira vez demonstraram a sua humanidade e capacidade de simbolizar por meio de adereços corporais, o uso das joias hoje não é mais uma mera identificação de status social, mas sim uma ligação histórica profunda que lida com a beleza do mundo e evoca a consciência de que estamos vivos"., RENATO ARAÚJO

Joalheria de arte para proporcionar e impactar experiências estéticas - solidificações poéticas. Obra/joia/corpo, incontestável, íntima, intuída pelo artista joalheiro em comunhão com questões e emoções expressas na plenitude. Corpo ancestral. Adorno. Quando a joia se materializa ela contém, na essência, as idiossincrasias do artista. Joia/obra/conceito, complexidade do pensamento artístico, independente da matéria, da forma e da dimensão. Gênese de um pensamento que pode evoluir para uma série de adornos que trazem em si referências individuais, de épocas, de gerações, de acontecimentos. Portanto, a joia de arte abre interpretações diversas, que nunca se esgotam, cada leitura visual depende do ponto de vista do observador, de como é tocado e das singularidades que a joia arte indaga. Adquirir joia arte é compactuar com a subjetividade artística e se conscientizar da experiência expressa em forma de arte.

Serviço: Brazil Jewelry Week

De 18 a 25/11/2021

Instagram: @braziljewelryweek