Pesquisa exclusiva: consumidores exigem das marcas do segmento de moda embalagens mais sustentáveis no e-commerce



- Covid-19 foi um catalisador para maior sustentabilidade

- 41% dos consumidores de moda online mudaram seu comportamento de compra nos últimos seis meses

- 35% não fariam uma compra online de uma empresa de moda se descobrissem que sua embalagem não é ecológica.

Uma nova pesquisa conduzida pela Smurfit Kappa, líder global de embalagens, revela que os consumidores estão exigindo embalagens mais sustentáveis das marcas antes de realizarem compras online de moda. Esta pesquisa foi conduzida em quatro países europeus e apontou que 41% deste público se tornou mais consciente ecologicamente ao realizar as últimas compras desde o início da pandemia.

A pesquisa conduzida na Alemanha, Irlanda, Holanda e Reino Unido revelou também que quase metade dos consumidores compram itens de moda online uma vez por mês ou mais, refletindo uma popularidade crescente entre os compradores do sexo feminino (44%) e do masculino (43%).

Os consumidores estão agindo

Os consumidores estão fazendo escolhas conscientes quando se trata de compras de moda online, indicando que tomaram medidas nos últimos seis meses para garantirem que suas aquisições sejam o mais ecologicamente consciente possível.

A pesquisa demonstrou que:

• 23% dos consumidores de moda pesquisaram uma marca online para avaliar seu nível de sustentabilidade;

• 35% deles afirmou que não faria uma compra online de uma empresa de moda se descobrisse que sua embalagem não era ecológica

• 23% dos entrevistados recompraram de uma marca de moda com base em suas credenciais de sustentabilidade

Segundo Arco Berkenbosch, VP de Inovação e Desenvolvimento da Smurfit Kappa: "Os consumidores desejam que as marcas de moda online ajam com responsabilidade e considerem os impactos sociais e ambientais de seus negócios. As marcas de moda, inclusive todas as marcas, precisam se adaptar às demandas dos consumidores sobre sustentabilidade ou correm o risco de perderem os clientes. "Vale destacar ainda que nos quatro mercados pesquisados, o sentimento do consumidor e o foco na sustentabilidade são consistentes, destacando seu anseio de que as marcas devem continuar a priorizar e se comprometerem a melhorar suas práticas de sustentabilidade, mesmo durante a atual crise econômica."

________
1. Consumidores de moda online são definidos como entrevistados que compraram itens de moda online uma vez por mês ou mais. Os consumidores gerais referem-se à amostra representativa natural pesquisada de cada mercado.

Os consumidores estão ávidos para aprenderem mais

No entanto, os compradores de moda online estão enfrentando obstáculos quando se trata de fazer uma escolha sustentável. A pesquisa constatou a falta de informações acessíveis (34%), a falta de opções sustentáveis (32%) e o custo (30%) como as principais barreiras para que ele atue de forma mais sustentável ao fazer compras online. Mais da metade dos entrevistados (57%) disseram que gostariam de ouvir mais sobre os esforços dos varejistas de moda online para serem sustentáveis nas embalagens. Isso destaca o nível de influência da sustentabilidade no comportamento de compra dos consumidores e como os esforços das marcas podem ampliar ou corroer sua base de clientes.

Os consumidores estão pensando de forma mais ampla sobre a sustentabilidade de suas compras, incluindo a embalagem. Já as marcas devem repensar a sustentabilidade de suas embalagens se quiserem atender essas mudanças nas expectativas de seus consumidores.

Embalagem sustentável é uma consideração fundamental

A pesquisa descobriu que os consumidores de moda eram mais propensos a avaliarem a sustentabilidade das embalagens como um impacto positivo na impressão de sua compra em relação às técnicas tradicionais de marketing.

A maioria dos entrevistados afirmou que o uso eficiente de materiais (62%), a utilização de materiais sustentáveis (61%) e avaliar as credenciais de sustentabilidade de uma marca (56%) contribuem para uma impressão positiva de sua compra online assim que recebem a embalagem. Dois terços dos consumidores (66%) acreditam que os varejistas de moda online são responsáveis por garantirem que suas embalagens sejam sustentáveis.

e-Commerce Fashion Portfólio

Em resposta ao crescimento contínuo do e-commerce e as expectativas do consumidor, a Smurfit Kappa expandiu sua gama de embalagens sustentáveis projetadas para o mercado de varejo eletrônico de moda.

Com mecanismos de design inovadores que permitem fácil abertura e selagem nas devoluções, o e-Commerce Fashion Portfólio oferece uma ampla gama de soluções de embalagem flexíveis e com design diferenciado para produtos de todos os formatos e tamanhos. Ele são monomateriais e facilmente recicláveis e biodegradáveis. Totalmente desenvolvido em papel, este portfolio oferece uma alternativa responsável às marcas à medida que a conscientização do consumidor e as preocupações com o desperdício de embalagens continuam crescendo.

"Os resultados apontam que a embalagem pode ter uma grande influência sobre os clientes e suas decisões de compra, tanto na oportunidade de fidelidade à marca para empresas que priorizam a sustentabilidade quanto as consequências potenciais para as companhias que não o fazem", afirma Berkenbosch.

"Estamos trabalhando com nossos clientes de moda online para desenvolvermos soluções inovadoras de embalagens sustentáveis, que se adequem ao formato de cada item, que protejam o produto durante o transporte, mas também se conectem com o consumidor quando ele chegar. Se quisermos reduzir o nível de resíduos de embalagens que não são sustentáveis, todos nós, incluindo as marcas, os consumidores e os fornecedores de embalagens, temos que trabalhar juntos para ter um impacto real", conclui Berkenbosch.

Varejo Online de Moda no Brasil

Com a pandemia do Covid-19, o e-commerce no Brasil atingiu altos patamares assim como no mundo inteiro. Como as lojas físicas que estavam fechadas durante este período, o Varejo Online de moda não ficou atrás.

De acordo com um estudo realizado pela Conversion, consultoria de performance&SEO, que analisou o tráfego de mais de 200 maiores sites do Brasil, em 15 categorias, o setor de Moda e Acessórios obteve um crescimento de 65,52% durante a pandemia (jul - fev/ 2020).

"Todos os dados obtidos com a pesquisa e-Commerce Fashion Portfólio que realizamos demonstram que os consumidores estão cada vez mais conscientes ao optarem não apenas por produtos e serviços que sejam eticamente sustentáveis, mas também estão preocupados com toda cadeia de produção, inclusive as embalagens", afirma Manual Alcalá, CEO da Smurfirt Kappa.

"No Brasil, tivemos um incremento do 1º para o 2º trimestre, de 148%, impulsionado, principalmente, pelos clientes dos segmentos de varejo e bebidas e agora estamos também conduzindo projetos para empresas do segmento de moda, que também tiveram um crescimento expressivo neste período e estão acelerando a venda por canais digitais de forma a transmitir uma experiência que o consumidor teria na loja física na sua casa por meio da embalagem", complementa.

Para mais informações sobre o e-Commerce Fashion Portfólio, acesse http://www.smurfitkappa.com/br

A pesquisa foi conduzida pela Vitreous World que entrevistou um total de 2.000 consumidores na Alemanha (500), Irlanda (500), Holanda (500) e Reino Unido (500). A coleta de dados ocorreu em setembro de 2020. Consumidores de moda online são definidos como entrevistados que compraram itens de moda online uma vez por mês ou mais. Os consumidores gerais referem-se à amostra representativa natural pesquisada de cada mercado.













Siga @MarcosGomesBr e fale comigo !
  

Postagens mais visitadas deste blog

Estilo Brasileiro, Zuzu Angel misturava seu estilo à temas regionais e folclóricos

Estilo Brasileiro, Valdemar Iódice desenvolve uma moda jovem imprimindo personalidade em sua grife

Estilo Brasileiro, Rose Benedetti foi a precursora da bijuteria no Brasil