MFW - Brunello Cucinelli SS21


MILAN FASHION WEEK 
SPRING SUMMER 2021 WOMENSWEAR COLLECTION

Agora, mais do que nunca, a natureza e o bem-estar surgem como inspirações essenciais, que são elevadas aos ideais do dia-a-dia, por uma sensibilidade generalizada e consciente. Conforto, calma e graciosidade são sensações que fluem com facilidade pela coleção primavera/verão 2021 feminina da Brunello Cucinellli.

Trilhando um caminho fluído e linear, o prazer de vestir-se bem é pautado por um espírito descontraído, rumando naturalmente para o 'charme discreto' que mistura elegância com modernidade, formalidade com estilo despojado. Não há espaço para excessos, tudo gira em torno de autenticidade, exclusividade e nas diferentes sensações de conforto.

O mix de design, tradição e um exímio trabalho manual tende a transcender naturalmente as estações. A máxima atenção aos detalhes, aos materiais da mais alta qualidade e às técnicas de fabricação transmitem um caráter exclusivo até aos looks mais simples.

Cores

O ritmo natural da coleção pode ser visto claramente nas combinações tom sobre tom. Em looks de efeito monocromático, superfícies contrastantes criam profundidade, ao mesmo tempo que expressam intensidade e leveza.

A estabilidade é expressa em nuances suaves e relaxantes de bege, que vão desde tons frios e extremamente leves até os mais intensos. Uma sensação de pureza e renascimento flui através da infinidade de tons de branco. Como uma ótima alternativa aos neutros coloniais, a ampla paleta de tons de cinza transmite um senso de moderação e equilíbrio, como um antídoto agradável para a agitação da vida urbana.

Os verdes, em nuances naturais de salva e musgo, transmitem serenidade. Tons de rosa, azul claro e limão são descorados pelo sol ou saturados com vermelho granada e azul ultramar. Preto, carvão e chumbo introduzem elementos que desagregam os beges com um efeito gráfico.

Materiais

A celebração das fibras vegetais evoca um charme natural, baseado no contraste harmonioso entre superfícies brutas e polidas. Diálogos rústicos com alta costura, materiais densos e opacos se alternam com efeitos translúcidos e leves. O linho grosso e os couros macios são iluminados por reflexos metálicos, enquanto os tecidos lamê platina destacam a irregularidade das texturas. Padrões de alfaiataria de herança masculina mesclam-se formal com notas coloniais. Listras de giz de todos os tamanhos e proporções, distintas ou borradas, são redesenhadas com fios de lurex ou bouclé, enquanto Prince of Wales, houndstooth e xadrezes são apresentados em microversões. Os padrões florais surgem com reinterpretações tonais por meio de estampas, bordados e tecidos de malha exclusivos

Combinações

Uma sensação de bem-estar confunde os limites entre a roupa de lazer e a roupa de dia e abre espaço para uma elegância espontânea. As silhuetas e os volumes assumem uma aparência mais lineares e ordenadas, as cores relaxam e os padrões são contidos. Os "clássicos" são reinterpretados com novos códigos, dando vida a um jogo de opostos, sonde o traje formal e o informal trocam de papéis. Fibras com um toque rústico tornam-se sofisticadas, em harmonia ao lado de preciosos elementos de alfaiataria e tecidos artesanais.

Camisas quadradas, grandes e maxi ficam por cima de shorts e bermudas em uma interação equilibrada de formas. Na busca pela elegância simples, os acessórios assumem um papel fundamental. O rigor da alfaiataria e as formas suaves assumem um estilo natural graças aos cintos de corda trançada e sandálias, chapéus de palha e bolsas de lona.














Siga @MarcosGomesBr e fale comigo !
  

Postagens mais visitadas deste blog

Estilo Brasileiro, Zuzu Angel misturava seu estilo à temas regionais e folclóricos

Estilo Brasileiro, Valdemar Iódice desenvolve uma moda jovem imprimindo personalidade em sua grife

Estilo Brasileiro, Rose Benedetti foi a precursora da bijuteria no Brasil