Fwd: Sug.: Como limpar pisos de madeira?

Saiba o que usar e não usar na hora da limpeza preventiva

Água, sabão, álcool em gel, água sanitária, receitas caseiras e uma infinidade de possibilidades na hora de realizar a limpeza da casa. Mas se o seu piso é de madeira maciça, qual é o mais indicado? O que já deveria ser praxe começa a ganhar mais atenção dia após dia, com os anúncios cada vez maiores de infectados e o avanço da pandemia de coronavírus no Brasil e no mundo. Ter contato físico é a principal maneira que o vírus encontra para se espalhar, então, além de contê-lo através do isolamento social também é necessário que a limpeza preventiva seja uma aliada, sobretudo em momentos de quarentena e home office. Vale ressaltar que a higienização preventiva é diferente da realizada em ambientes com pessoas infectadas.


Para quem possui pisos de madeira em casa a limpeza rotineira é um pouco diferente, já que esse tipo de superfície não pode ser molhada abundantemente. "O uso do álcool entrou em evidência nos últimos meses. O que muita gente esquece é que ele é um solvente e que esse tipo de produto pode causar manchas ou perda de brilho nos pisos que já são envernizados na fábrica", pondera Denílson Cristiano, gerente de produção da Akafloor.


Confira 10 dicas essenciais para você que deseja se proteger e também manter o piso com aspecto de novo e durável:

  • Remover toda a sujeira com vassoura de pelos ou aspirador de pó;
  • Preparar uma solução fraca de detergente neutro em água e passar um pano ou rodo de esponja levemente umedecido, não molhado, nessa solução por toda a superfície a ser higienizada;
  • Evitar excesso de água sobre o piso, a qual poderá penetrar pelas juntas. Atenção para a diferença entre pano/esponja úmida e molhada: a úmida não solta água no piso;
  • É aconselhável passar um pano macio seco para auxiliar na secagem e acentuar o brilho original;
  • Liberar o tráfego somente após a secagem completa;
  • Para retirar sujeiras que aderiram ao piso, utilizar uma esponja macia;
  • Marcas de solado ou salto de borracha são facilmente removidos com pano seco;
  • Esqueça a cera: não encerar, nem mesmo com cera líquida. A cera não penetra e cria uma camada de aderência para a poeira que altera o aspecto do piso e facilita para o vírus se instalar;
  • Líquidos derramados: no caso de acidentes com líquidos – água, bebidas, produtos de limpeza – enxugar imediatamente evitando a penetração pelas juntas, o que danifica o piso e umedece por baixo dele;
  • Pets: enxugar imediatamente também no caso de urina de animais.

 

É importante que durante a limpeza a pessoa esteja utilizando luvas domésticas e que elas sejam lavadas e secadas da mesma maneira que se costuma fazer com as mãos. E ideal que esse cuidado também se estenda para os panos e esponjas utilizados, que devem ser lavados com bastante água e sabão antes de serem reutilizados.


Manter os ambientes limpos contribui para a prevenção não só do coronavírus, mas de diversas doenças, já que estamos em contato com vírus e bactérias a todo instante, dentro ou fora de casa. Segundo Raquel Stucchi, consultora da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) e infectologista da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) o vírus pode resistir até nove dias sobre as superfícies, podendo ser facilmente inativado através de uma boa limpeza e desinfecção. A especialista indica que a limpeza profunda seja realizada uma vez por semana. Banheiros e pisos demandam atenção diária, ressalta.

 


www.akafloor.com.br | +55 (32) 3371-1000 |+1 (856) 236-9957





Postagens mais visitadas deste blog

Dia dos Pais: tênis da Marvel Comics para adultos e crianças

MODA: Mariana Rios solta a voz em evento da Colcci

MODA: Paloma Bernardi na campanha de Verão 2015 da Max Glamm