BELEZA: Como cuidar dos fios tingidos na quarentena?

Que todo fio quimicamente tratado precisa de um profissional, todo mundo já sabe. Mas como fazer nesse período de quarentena? O visagista e parceiro Vertix, Pietro Trindade, ensina como adaptar uma rotina de cuidados que vai ajudar a salvar a saúde do couro e dos fios durante a quarentena. Confira!

Cuidados essenciais com fios tingidos
A hidratação para cabelos tingidos é fundamental. "Essa é a regra nº1 para manter a saúde dos cabelos em casa e a escolha de máscaras e cremes com componentes que repõem a umidade dos fios são as mais indicadas. A água é o condicionamento natural do fio e os produtos devem ser aplicados pelo menos uma vez na semana para trazer de volta a maleabilidade e emoliencia das mechas", sugere o expert.

Pietro Trindade também explica que o uso de água quente durante as lavagens é prejudicial à saúde dos fios tingidos. "Em temperatura alta, a água pode distender as cutículas e dar oportunidade para que as pontas duplas apareçam. Além disso, essa prática desbota a coloração por conta da retirada de pigmentação e favorece o frizz e a quebra devido ao ressecamento." A recomendação do expert é que a temperatura esteja entre morna e fria para preservar os cabelos tingidos.

Secador e coloração, pode isso produção?
O expert alerta "pode usar, mas eu aconselho a aplicação de um protetor térmico nos fios, deixando absorver o produto por 10 minutos, no mínimo. Com mais flexibilidade de tempo durante os dias em casa, indico aguardar 60 minutos para o fio conseguir absorver o máximo de água possível, já que o calor térmico vai causar um efeito de desidratação do fio."

Outra dica do profissional é secar completamente o cabelo. De acordo com Pietro, deixar o cabelo molhado ou úmido, facilita a sua quebra. Na hora de escolher um secador, Pietro Trindade é categórico, "escolha o que tiver menos calor. Quanto mais calor, maior será o dano para o fio. Vá em um modelo mais intermediário para não prejudicar os fios". E outra dica do expert é nunca, em nenhuma hipótese, encostar o secador diretamente no fio.

"Se quiser escolher um bico direcionador de ar, evite os de alumínio ou de metal porque eles absorvem mais calor, expondo o fio a uma temperatura muito alta. Isso é péssimo para cabelos com coloração."

Escova ideal para fios tingidos
Para o visagista, as duas melhores opções são as escovas raquete e a térmica, que distribui bem o calor do secador para o fio, sem danificar.

"Lavou o cabelo? Penteie com a escova raquete, que é menos agressiva para os fios, e deixe secar naturalmente. Caso não seja possível, aplique o protetor térmico e penteie com a escova térmica para uma finalização com o secador."

Cachos e tintura
O profissional afirma que a chance de um cabelo tingido cacheado ser mais saudável que o liso é 100% maior. Isso se dá porque as cacheadas raramente usam elétricos para secar os fios. Elas deixam os cachos secarem naturalmente, o que aumenta sua vida útil e dá um aspecto muito mais saudável ao cabelo. "Se a cacheada lavar o cabelo, aplicar um mousse e deixar secar naturalmente, o cabelo dela será infinitamente mais lindo, hidratado e bem cuidado do que um fio liso que precisa de um secador na finalização", explica.

Retocar a cor em casa? Pode esquecer!
Pode ser difícil segurar a vontade de retocar a cor dos fios em casa, mas este é um processo complexo que deve ser feito apenas por profissionais. "Colorir o cabelo vai além de passar uma tintura. É preciso analisar a textura, a saúde e espessura dos fios para, então, dosar de forma correta o volume de oxidante e tinta a serem usados. Caso contrário, o efeito pode ser rebote e as mechas podem ficar mais sensíveis e danificadas", finaliza o expert.