DESTAQUE

MODA: CRIS BARROS AW21 I Entre Céu e Terra

Imagem
"A coleção AW21 foi dividida em três capítulos e pensada como um exercício de olhar a natureza como escultura e a paisagem como arte; criando uma porta de entrada para a contemplação da luz, do tempo e do espaço. Dialogar entre o natural e o criado pelo indivíduo, ligando o físico ao efêmero em uma experiência sensorial transformadora que cria uma conexão entre o Céu e a Terra." - Cris Barros CAPÍTULO 1 - LANDART A arte da terra ou "Land Art", foi um movimento artístico que nasceu nos anos 60s, a partir da fusão da natureza e da arte onde a paisagem, além do suporte, faz parte da criação artística. O Capítulo 1 intitulado LANDART e dividido em 4 edições , homenageia essa experiência artística onde o observador interage com a obra, e a grandiosidade da natureza como fonte de inspiração; uma obra de arte perfeita. COLEÇÃO Dando continuidade no capítulo 1, CRIS BARROS apresenta agora o Inverno AW21 Entre Céu

ENTRETENIMENTO: Sesc Morada abre programação musical de julho com samba, blues, cover do Pink Floyd e ritmo latino

A primeira semana musical de julho no Sesc Morada dos Baís traz uma mescla musical que vai animar adeptos de diversos estilos musicais, começando na quarta-feira, 03, com apresentação do sambista Gideão. Os shows começam sempre às 20 horas e são abertos ao público, respeitando a lotação do espaço, para 350 pessoas.

Gideão, que já dividiu palco com nomes como Luíz Ayrão, Almirzinho Serra, Diogo Nogueira, Martinho da Vila, Almir Guineto e Dudu Nobre, leva músicas autorais de seu DVD e também clássicos do samba como Cartola e Almir Guineto.

Na quinta-feira, 04, tem blues, rock e pop com a cantora Erika, que leva um show de releituras e composições que marcam os 08 anos como cantora profissional.

Sexta, 05, é dia de curtir músicas do Pink Floyd com interpretação da Banda Pulse. A banda se destaca pelos recursos técnicos e musicais prometendo marcar o público com clássicos de 1973 a 1994 do Pink Floyd. "O período marca o equilíbrio entre as experimentações psicodélicas dos anos de 1960 e o brilho megalomaníaco dos anos seguintes. Entre os extremos estão dias de pura arte, musicalidade, sensibilidade, poesia social e autorreflexão", diz Raphael Valente, vocalista e violonista.

Quem encerra a primeira semana musical de julho, no sábado, 06, são os Muchileiros, que levam ao palco muito pop-rock e sonoridades da fronteira. O grupo leva instrumentos que evocam as músicas do Paraguai, Argentina, Bolívia e região dos Andes, com várias vertentes do pop-rock em guarani, português, inglês e espanhol.

Aproveite a visita no Sesc Morada dos Baís para conhecer a Casa de Memória Lídias Baís, que envolve móveis do antigo casarão, time line de notícias relevantes referente à família e a Casa, pontos turísticos de Campo Grande mostrado em touch screen, instrumentos, indumentárias e discos de Lídia Baís. O espaço pode ser visitado de terça a sábado das 14h às 20h.

Serviço – O Sesc Morada dos Baís fica na Avenida Noroeste, 5140. Informações pelo telefone (67) 3311-4300. O espaço bistrô é aberto às 18h30 e as apresentações musicais começam às 20h. Acompanhe a programação no site sesc.ms

Postagens mais visitadas deste blog

Estilo Brasileiro, Zuzu Angel misturava seu estilo à temas regionais e folclóricos

Estilo Brasileiro, Valdemar Iódice desenvolve uma moda jovem imprimindo personalidade em sua grife

Estilo Brasileiro, Rose Benedetti foi a precursora da bijuteria no Brasil