DESTAQUE

MODA: CRIS BARROS AW21 I Entre Céu e Terra

Imagem
"A coleção AW21 foi dividida em três capítulos e pensada como um exercício de olhar a natureza como escultura e a paisagem como arte; criando uma porta de entrada para a contemplação da luz, do tempo e do espaço. Dialogar entre o natural e o criado pelo indivíduo, ligando o físico ao efêmero em uma experiência sensorial transformadora que cria uma conexão entre o Céu e a Terra." - Cris Barros CAPÍTULO 1 - LANDART A arte da terra ou "Land Art", foi um movimento artístico que nasceu nos anos 60s, a partir da fusão da natureza e da arte onde a paisagem, além do suporte, faz parte da criação artística. O Capítulo 1 intitulado LANDART e dividido em 4 edições , homenageia essa experiência artística onde o observador interage com a obra, e a grandiosidade da natureza como fonte de inspiração; uma obra de arte perfeita. COLEÇÃO Dando continuidade no capítulo 1, CRIS BARROS apresenta agora o Inverno AW21 Entre Céu

ENTRETENIMENTO: Cris Carniato é Fernanda Rios em "As aventuras de Poliana" e chega causando reviravoltas na trama

 
Natural de Maringá, no Paraná, Cris Carniato mudou-se para São Paulo aos 18 anos, quando teve a oportunidade de trabalhar como modelo, após vencer o concurso de Miss de sua cidade natal. 
 
Na capital paulista, ela deu os primeiros passos em direção a sua consagrada carreira artística. Cris foi convidada para integrar um grupo musical, que chegou a assinar contrato com a BMG. Já como modelo, estrelou em campanhas publicitárias no Brasil e no exterior para grandes marcas, como Citröen, O Boticário, Bradesco, Pepsi, Budweiser, Moe, Ninho, Cacau show, entre outros; além de ter trabalhado em Paris, Lion, Nova York, Buenos Aires e Cidade do México - onde, inclusive, morou uma temporada.
 
Atriz e cantora por formação, ela estudou na escola de música "Voices"; com especializações com  profissionais como Tutti Bae, Wilson Gava, Amélia Gumes, e na "Casa de Artes Operária". Em relação ao teatro, é formada pela Oficina de atores Nilton Travesso, e seu currículo conta com Cursos de Interpretação para o Cinema, com Fernando Leal, Cininha de Paula e Stúdio Fátima Toledo. 
 
Em seu extenso currículo, esteve nos espetáculos "Entre Paredes Escuras" e "O Especialista", ambos produzidos pela Carniato & Carniato produções Artísticas e ganhadores do Prêmio "Aniceto Matti", em 2013 e 2015 respectivamente; "O Telescópio" (direção de Guilherme Santana), "O Automóvel do Inferno" (direção de Andréa Egídio), "O Urso" (direção de Nill De Pádua), "Um Bonde Chamado Desejo" (direção de Sergio Milagre), Teatro Musical "Glee" (direção de Luciano Andrey). 
 
Nas telinhas, esteve em "Insensato Coração", de Dennys Carvalho (2011). Na novela da Globo, interpretou Viviane, par romântico de Lázaro Ramos. Desde então, já esteve na série "Os Experientes" (episódio "O Assalto", 2015), de Fernando Meirelles, para o Festival 50 anos da Globo; esteve na minissérie "Maysa, Quando Fala o Coração", de Jayme Monjardim (2009); na novela "Amor e Intrigas", de Edson Spinello, Record TV (2008); além de ser a apresentadora do canal 1,  da Sky (2009 a 2011). Também fez parte do elenco dos curtas "Lar doce Lar", dirigido por Tassia Quirino (2014); e "Noir", de Diego Ruiz e Helton Ladeira (2007), sendo este último  finalista na categoria de melhor filme, no 15º Gramado Cine Vídeo, e vencedor do prêmio de melhor direção, da 7ª Mostra de Curtas de Goiânia.
 
Atualmente, Cris está em "As aventuras  de Poliana", do SBT, no papel de Fernanda Rios, uma mãe workaholic, que abandona as filhas para trabalhar na Europa, e depois volta para tumultuar a vida do ex marido e das crianças, prometendo muitas reviravoltas na trama. "Nessa novela também estou tendo a oportunidade de aliar meu trabalho como cantora, tive duas cenas cantando e uma dessas músicas está sendo usada como trilha sonora", revela, feliz, a atriz. 
 
Sobre sua vida pessoal, Cris é casada e mãe do pequeno Gael, de 4 anos.









Postagens mais visitadas deste blog

Estilo Brasileiro, Zuzu Angel misturava seu estilo à temas regionais e folclóricos

Estilo Brasileiro, Valdemar Iódice desenvolve uma moda jovem imprimindo personalidade em sua grife

Estilo Brasileiro, Rose Benedetti foi a precursora da bijuteria no Brasil