DESTAQUE

MODA: Bruna Marquezine lança videoclipe para campanha da Colcci

Imagem
Sempre em busca de inovação, a parceria entre Colcci e Bruna Marquezine rendeu resultados surpreendentes e inspiradores. Desta vez, a Colcci convidou a atriz para encarar um novo desafio para sua campanha: tornar-se cantora por um dia. A atriz se jogou no desafio e, como resultado, gravou uma música e videoclipe inéditos. O resultado representa o lifestyle e estilo da label : cheio de atitude e estilo. A nova campanha da marca traz como inspiração o Studio 54, ponto de encontro entre as principais celebridades e artistas do fim dos anos 70. Foi a partir deste tema que surgiu a ideia de transformar a Bruna em uma diva, expressando a vibe da cena underground do lendário clube Nova Yorkino. O videoclipe transita entre diferentes cenários que transpõe a sensualidade, força e ousadia que a atriz representa para a Colcci. Tanto a nova coleção - Colcci Studio Dreamers -, quanto o vídeo são um convite para sair do óbvio e estimular a expressão da criativ

ENTRETENIMENTO: Sesc Cultura recebe exposição “Floresta Encantada”, que também agrega encontro acessível, palestra e oficina de desenho infantil



---------- Forwarded message ---------
De: Infinito Comunicação Assessoria <neusa@infinitocomunica.com.br>
Date: qui, 28 de mar de 2019 às 18:05
Subject: Sesc Cultura recebe exposição "Floresta Encantada", que também agrega encontro acessível, palestra e oficina de desenho infantil
To:



Sesc Cultura recebe exposição "Floresta Encantada", que também agrega  encontro acessível, palestra e oficina de desenho infantil


 

A partir de 02 de abril estará aberta para visitação no Sesc Cultura a exposição "Floresta Encantada – Desdobramentos de um laboratório pictórico", de Ana Ruas. A vernissage de abertura será no sábado, 30, às 19h30, aberta ao público. A exposição acontece até o dia 06 de julho na Galeria Sesc Cultura. No dia 08 de maio, às 18 horas, haverá encontro acessível, com audiodescrição e libras.

Além da exposição, Ana Ruas ministra no dia 03 de abril, às 19h30, a palestra "O desenho do mundo pelo olhar da criança: processos e registros". O público-alvo são arte-educadores, pedagogos, além de público em geral.

A proposta é encontrar modos de questionar processos e registros do desenho da criança. Compartilhando experiências de projetos educativos com crianças em seu ateliê, a artista defende a importância do pensar e do sentir durante o processo, para tanto, aponta motivos e estratégias para evitar o desenho estereotipado na escola. A artista acredita que atividades estrategicamente direcionadas, resultam em desenhos que geram pensamentos, revelam sutilezas e despertam um olhar poético sobre o mundo.

No dia 04 de maio, às 15h30, a ação envolverá a criançada, no Sesc Arte para Crianças, com a oficina de desenho que propõe um diálogo com os desdobramentos da série Floresta Encantada, que é o assunto que permeia a pesquisa atual da artista. Assim como acontece no ateliê Ana Ruas, um espaço não formal, que funciona como lugar de trabalho da artista e laboratório pictórico, desconstruindo sistemas e combatendo estereótipos, a oficina no ateliê do Sesc, irá propor um diálogo entre o assunto Floresta e as próprias árvores existentes no entorno da unidade.

Origem da exposição – Nas férias escolares de verão, em 2016/2017, uma experiência pictórica foi oferecida no Ateliê Ana Ruas e crianças experimentavam materiais sem medo e a tinta escorria sem pressa. Neste local que funciona como um laboratório pictórico, onde nem tudo é previsível, mas tudo é observado e experimentado, oferece experiências em processos em artes visuais, provocando intercâmbios e ações coletivas.

O laboratório desdobrou-se de tal forma que, tornou-se uma obra aberta, com assuntos que permeiam a pesquisa da artista em todas as suas ações. Nesta exposição, o destaque se dá pelo desdobramento entre florestas, florestinhas num espaço imaginário e no espaço urbano, representado pela insistência dos matinhos na calçada do ateliê da artista.

Sobre a artista – Ana Ruas nasceu em Machadinho, RS, em 1966. Vive e trabalha em Campo Grande, MS desde 1996. A artista já foi contemplada com Prêmio PIPA – Voto Popular 2015. Indicada ao Prêmio PIPA em 2018. Em 2013, foi contemplada com o prêmio FUNARTE Mulheres nas Artes Visuais, com o projeto Seminário Entre Vários Olhares: da Pintura à Intervenção. Em 2014, participou da Bienal Del Fin del Mundo, em Mar del Plata, na Argentina e pintou a fachada do MACP – Museu de Arte e de Cultura Popular, Cuiabá, MT. Entre as exposições individuais: destacam-se: em 2018, Floresta Encantada 5, Galeria Via Thorey, Vitória, ES; em 2017, Floresta Encantada, Museu de Arte Contemporânea de MS, Campo Grande, MS; em 2016, Estratégias para dimensionar a delicadeza e o afeto, Galeria Andrea Rehder, São Paulo/SP; em 2014, Plano B, MARCO,MS; em 2010, Construções Verticais, MARCO,MS; em 2008, Era uma vez, MARCO - Museu de Arte Contemporânea de MS, Campo Grande, MS; em 2009 Da arte e do lugar, Intervenção, Pinacoteca da UFAL, Maceió, AL. Exposições coletivas destacam-se: em 2018, SCAPELAND - Território Livre, curadoria Laerte Ramos, Galeria Marta Traba, Memorial da América Latina, São Paulo, SP; 2018, Dialetos 2, curadoria Paulo Henrique Silva, CCSP, São Paulo; em 2011 Dialetos, Galeria de Arte Frei Confaloni. Edição Goiânia, GO Dialetos, Galeria Antônio Sibasolly, Edição Anápolis, GO Dialetos, MARCO Edição Campo Grande, MS. Coordena o Ateliê Ana Ruas desde 2011, um Ateliê Aberto com propostas transdisciplinares e projetos educativos. Contato www.anaruas.com.br youtube.com/analuisaruas facebook.com/atelieanaruas instagram.com/anaruasartista

Serviço – O Sesc Cultura está localizado na Avenida Afonso Pena, nº 2270. Acompanhe a programação do Sesc no site sesc.ms








Sua marca ou seu negócio no site e nas redes sociais !

Postagens mais visitadas deste blog

Estilo Brasileiro, Zuzu Angel misturava seu estilo à temas regionais e folclóricos

Estilo Brasileiro, Valdemar Iódice desenvolve uma moda jovem imprimindo personalidade em sua grife

Estilo Brasileiro, Rose Benedetti foi a precursora da bijuteria no Brasil