DESTAQUE

GASTRONOMIA: Cerveja Blumenau é eleita a Cervejaria do Ano no Brasil Beer Cup com 23 medalhas

Imagem
Foram seis ouros, 13 pratas e quatro bronzes. Cerimônia aconteceu na noite de sexta-feira (26) A Cerveja Blumenau é a Cervejaria do Ano na categoria grande porte no Brasil Beer Cup 2021. A divulgação do resultado do concurso aconteceu na noite de sexta-feira (26), em Florianópolis (SC). A marca conquistou 23 medalhas, sendo seis de ouro, 13 de prata e quatro de bronze.   As três linhas de produto foram premiadas. Na Mestres do Tempo, que celebra bebidas maturadas em barris na adega da cervejaria, foram nove medalhas, sendo três de ouro: Mestres do Tempo Lambic #1 (no estilo Belgian-Style Lambic), Mestres do Tempo Gueuze #1 (no estilo Belgian-Style Gueuze) e Mestres do Tempo Maracujá Negro (no estilo Mixed-Culture Brett Beer).  A Macuca Imperial Stout levou o ouro no estilo British-Style Imperial Stout e teve quatro edições especiais também premiadas: prata com Tropicalente (no estilo Chilli Pepper Beer) e Pé-de-Moleque (no estilo Field Beer) e bronze com a Bala de Coco (no es

Ronaldo Fraga e a exposição Recosturando Portinari

Com curadoria de Ronaldo Fraga, exposição apresenta o processo de restauro da obra "Civilização Mineira" e a coleção de moda inspirada no maior pintor modernista brasileiro. Na foto, peça da coleção O Caderno Secreto de Candido Portinari. Crédito: Fotosite

Da poesia do céu de Brodósqui à delicadeza das andorinhas. Das brincadeiras de infância aos retirantes nordestinos. Candido Portinari buscou inspiração nas mais simples formas e foi capaz de inspirar gerações com sua arte e originalidade. É um pouco desse universo que a exposição Recosturando Portinari, na Casa Fiat de Cultura, apresenta ao público entre 26 de agosto e 26 de outubro. Com curadoria do estilista e designer Ronaldo Fraga, a mostra apresenta os bastidores da recuperação de uma obra de arte - por meio do processo de restauro do quadro Civilização Mineira (1959) – e faz o visitante entrar no mundo de Portinari sob um olhar sensível e criativo.


Civilização Mineira, maior quadro de Candido Portinari em Minas Gerais representa a mudança da capital mineira, de Ouro Preto para Belo Horizonte, em 1897, e a evolução da civilização mineira. O painel, de 2,34m X 8,14m, passou por restauração no último ano, quando foram descobertos uma intensa ocorrência de cupins e o esbranquiçamento de partes da obra – provocado pelo branco feito de titânio. Instalações e ambientes sensoriais foram idealizados por Ronaldo Fraga para contar as etapas dessa restauração – de forma lúdica e interativa –, fazendo o público se sentir parte do quadro e do passo-a-passo da recuperação de uma obra de um dos principais representantes do modernismo no Brasil. O making of e uma representação de um ateliê de restauro, além de uma visão sobre a vida e a obra do mestre modernista, poderão ser apreciados pelo público nesse mergulho portinaresco.


Esse minucioso processo de restauração se aproxima do complexo trabalho de criação de um artista. Por isso, lado a lado ao processo de restauração, será apresentada a obra de Portinari como fonte de inspiração para uma criação de moda, a coleção O Caderno Secreto de Candido Portinari. O pintor é fonte inesgotável de inspiração para diferentes vetores da cultura brasileira e, pela primeira vez, é transposto para o mundo fashion. Sob a ótica de Ronaldo Fraga, detalhes, traços, formas e cores características de Portinari ganham uma releitura na moda, deixando as telas para ganhar as ruas. Balões de São João, pipas e azulejos se transformam em verdadeiros legados contemporâneos da arte de Portinari. Os visitantes vão conferir os bastidores da criação do estilista (croquis e desenhos) e algumas concepções inéditas, tendo como ponto de partida o quadro Civilização Mineira.


De origem humilde, Portinari ganhou o mundo pintando o que via e o que sentia. Suas pinceladas suaves foram capazes de descrever o sofrimento, a dor e a alegria de um povo da forma mais singela e marcante, assinando seu estilo único na história da arte. A exposição é uma realização da Casa Fiat de Cultura em parceria com a Associação de Amigos do Museu Mineiro, com patrocínio da Fiat Automóveis, apoio institucional da Associação Pró-Produção das Artes (APPA) e produção da Paralelo 3.


Casa Fiat de Cultura


A Casa Fiat de Cultura, responsável por realizar 15 grandes exposições, com mais de 600 mil visitantes, está instalada em sua nova sede no Palácio dos Despachos, edifício que integra o conjunto arquitetônico e histórico do Palácio da Liberdade. A instituição, mantida pelas empresas do Grupo Fiat, realizou completa revitalização e restauro do prédio, implantando a mais moderna tecnologia museológica dentro de padrões internacionais. Considerada um dos mais importantes espaços para discussão e exposição das artes no Brasil, a Casa Fiat de Cultura destaca-se pelo alto valor histórico, artístico e educativo de sua programação.


Além de grandes mostras inéditas reunindo acervos dos mais importantes museus e coleções do Brasil e do mundo, a instituição realiza programa de palestras, sessões de cinema e atividades educativas, e se destaca por oferecer experiências qualificadas e enriquecedoras para todos os públicos. Sempre com programação gratuita, entre seus objetivos estão a valorização do patrimônio, a circulação dos bens culturais e a difusão das culturas brasileira e mundial.


A nova sede da Casa Fiat de Cultura no Circuito Cultural Praça da Liberdade, localizada no histórico edifício do Palácio dos Despachos, marca um importante momento para as artes em Belo Horizonte e fortalece a política da instituição de contribuir para a formação de público, ampliar o acesso à produção artística brasileira e internacional e promover o desenvolvimento humano e social. As adaptações realizadas no edifício fazem da Casa Fiat de Cultura um dos mais bem equipados espaços para receber exposições internacionais no Brasil, com tecnologia museológica, climatização, amplitude das salas expositivas e reserva técnica para receber obras de arte de alto padrão, equiparadas aos grandes museus do mundo.



SERVIÇO



Recosturando Portinari na Casa Fiat de Cultura, por Ronaldo Fraga

De 26 de agosto a 26 de outubro de 2014

Visitação: 3ª a 6ª das 10h às 21h
sábados, domingos e feriados das 10h às 18h

Entrada gratuita

Casa Fiat de Cultura

Praça da Liberdade, 10 – Funcionários – BH/MG.

Telefone: (31) 3289-8900

www.casafiatdecultura.com..br

casafiat@casafiat.com.br

facebook.com.br/casafiatdecultura

Instagram:@casafiatdecultura