DESIGN: uma breve história da moda.


 
Idade Moderna (Séculos XV e XVI)

 Nos séculos XV e XVI, inicia-se a Idade Moderna, modificando o entendimento que o homem tinha dele e do mundo. Surge a racionalização. Há uma transformação do ponto de vista político e da compreensão da economia e das suas bases produtivas. A moda nasce junto com o Renascimento, nos séculos XV e XVI. Existiu um vínculo entre o desenho de moda e as artes plásticas da época, uma vez que os nobres encomendavam aos pintores desenhos de roupas para festas. Nessa fase, juntamente com o surgimento da primeira burguesia, houve uma grande melhoria na qualidade da matéria-prima. Aplicações, bordados e peles passaram a espelhar uma sociedade rica, em contraste com os povos medievais, muito ligados à forma bárbara de se viver.   

 
A altura da indumentária sobe e fica marcada logo abaixo do busto, alongando a silhueta. As formas, de modo geral, vão ficando arredondadas, perdem a verticalidade gótica, expandindo-se lateralmente, buscando horizontalidade.

 
 Por volta de 1630, a Inglaterra vive uma série de contratempos políticos, que culminam na Revolução Gloriosa e no estabelecimento da monarquia parlamentarista. Forma-se a base da Revolução Industrial. A Revolução Industrial alterou notavelmente todo o setor sócio-econômico mundial. O novo dinamismo revelou-se numa séries de “revoluções tecnológicas” – período em que os métodos básicos de se fazer as coisas sofreram mudanças súbitas e surpreendentes e novos tipos de bens e serviços entraram na vida diária, alterando-a radicalmente.

Postagens mais visitadas deste blog

Estilo Brasileiro, Zuzu Angel misturava seu estilo à temas regionais e folclóricos

Estilo Brasileiro, Vera Arruda desenvolvia um trabalho tipicamente brasileiro

Estilo Brasileiro, Valdemar Iódice desenvolve uma moda jovem imprimindo personalidade em sua grife